Buenos Aires - Cristina Kirchner e Raupp Abrem TECNOPOLÍS

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje (15/07) no site do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) destacando a participação do Ministro Marco Antônio Raupp na abertura da Feira TECNOPOLÍS em Buenos Aires e de outras atividades em Bariloche ligadas também a área espacial.

Duda Falcão

Feira Aberta por Cristina Kirchner e
Raupp Atrai Quase 100 mil Pessoas

Ascom do MCTI
15/07/2013 - 17:06

Fotos: Laura Szenkierman/TECNÓPOLIS
Público da mostra TECNÓPOLIS, na Argentina.

Mais de 97 mil visitantes estiveram na TECNÓPOLIS no primeiro fim de semana do evento, que segue até novembro, na Grande Buenos Aires. Considerada a maior mostra de ciência e tecnologia da América Latina e realizada na Argentina desde 2011, a feira teve sua terceira edição inaugurada na sexta-feira (12) pela presidenta Cristina Kirchner, ao lado de seu convidado de honra, o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação do Brasil, Marco Antonio Raupp.

“O Brasil foi o meu primeiro convidado internacional. Agradeço a presença do ministro Marco Antonio Raupp por estar aqui representando o país irmão. Nós temos que incorporar cada vez mais ciência e tecnologia para que haja mais e melhores trabalhos”, disse a presidenta da Argentina durante a cerimônia.

Raupp foi aplaudido pelos argentinos durante seu discurso quando disse que “a integração entre os dois países é a chave para a construção de um futuro melhor com inclusão social”. Em sua avaliação, o diálogo entre Brasil e Argentina na área de ciência, tecnologia e inovação (CT&I) sempre foi promissor. “Eventos como esses mostram o que nossos países são capazes de construir juntos”, acrescentou o representante do governo brasileiro, que, antes da abertura da Tecnópolis, visitou centros de alta tecnologia e se reuniu com o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação Produtiva da nação vizinha, Lino Baraño.

Pouco antes da cerimônia, Cristina e Raupp visitaram o espaço reservado ao Brasil, situado à entrada da mostra e composto pelo estande do MCTI, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP/MCTI) e de empresas e instituições nacionais como a Embraer, a Braskem, a Softex e o Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa em Engenharia (COPPE), da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Visitas

Na manhã da sexta-feira (12), o titular do MCTI esteve na INVAP, empresa de construção de sistemas tecnológicos complexos com mais de 30 anos de atuação, na cidade de San Carlos de Bariloche. Ali, conheceu as instalações do setor de energia nuclear da região e o recém-construído Centro de Ensaios de Alta Tecnologia (CEATSA), espaço com funções similares às do Laboratório de Integração e Testes (LIT) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE/MCTI).

Acompanharam o ministro, durante as visitas, o presidente da Agência Espacial Brasileira (AEB/MCTI), José Raimundo Coelho, o diretor do INPE, Leonel Perondi, o diretor do Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE), Mariano Laplane, e o coordenador do RMB e assessor da presidência da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN/MCTI), José Augusto Perrota.

A INVAP foi fruto de um acordo firmado em 1970 entre a Comissão Nacional de Energia Atômica da Argentina (CNEA) e o governo da província do Rio Negro. Na área de tecnologia espacial, a empresa é a única do país qualificada pela agência espacial dos Estados Unidos, a NASA, para a implementação de projetos no setor.

Já a CEATSA foi criada em 2010 como resultado de um acordo entre a Sociedade Argentina AS, a ARSAT soluções via satélite e a INVAP SE com o objetivo de fornecer serviços de testes ambientais para a indústria nas áreas aeroespacial, eletrônica, automotiva, satélite, defesa, energia nuclear e bens de capital em geral.

Cooperação

Na quinta-feira (11), Marco Antonio Raupp e a comitiva se reuniram com o ministro argentino Baraño para discutir assuntos relacionados à cooperação bilateral e latino-americana. Além do Reator Multipropósito Brasileiro (RMB), o projeto Sirius e a missão Sabia-Mar foram temas da pauta.

Sabia-Mar (sigla para Satélite Argentino-Brasileiro de Informações Ambientais Marítimas) é um sistema de observação da Terra dedicado ao sensoriamento remoto de sistemas aquáticos oceânicos e costeiros baseado em uma constelação de dois satélites e uma infraestrutura operacional, logística e de solo.

Pelo lado argentino, estiveram presentes, entre outras autoridades, a presidenta da CNEA, Norma Boero, e o presidente da Agência Nacional para a Promoção de Ciência e Tecnologia, Armando Bertranou.

A presidenta Cristina Kirchner no evento.
Raupp e Cristina visitam exposição da Coppe.


Fonte: Site do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI)

Comentário: Fico a perguntar leitor de que vale para o Brasil toda essa movimentação com a Argentina, ou com qualquer outro país, ou mesmo internamente, se a cultura de nossa classe política é de não cumprir compromissos de acordos assinados e de projetos estabelecidos, há não ser aqueles que tenham outros interesses envolvidos?  (veja os casos do Motor L15 e da mal engenhada empresa ACS respectivamente). Para o Brasil na realidade nenhuma, muito pelo contrario, já que isso gera não só atraso tecnológico, como também enormes perdas de recursos financeiros do erário público brasileiro, que são desperdiçados por esses imbecis, irresponsáveis, energúmenos de plantão, que militam na classe política do país. Agora já para eles, os ganhos são enormes, pois transmitem a sociedade desinformada e desinteressada uma falsa imagem de estarem realizando metas, enquanto ganham tempo para realizarem as suas verdadeiras intenções ao mesmo tempo em que usufruem durante décadas dos benefícios possibilitados pela perpetuação de suas carreiras políticas. Um verdadeiro feudo formado de gente na sua grande maioria da pior espécie, em todos os níveis de governo, verdadeiros criminosos que, em nossa obscura capital federal, desfilam com tranquilidade as nossas custas travestidos de paletó tipo italiano, quando na verdade deveriam estar usando o modelito usado pelos transgressores da lei em algum buraco do Sistema Carcerário Brasileiro. Lamentável. A sociedade brasileira precisa acordar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Da Sala de Aula para o Espaço

O CLA e Sua Agenda de Lançamentos Até 2022