Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2009

Plataforma de Lançamento do Cyclone 4

Segue abaixo leitor uma nota postada em outubro de 2006 no site Hypescience.com abordando informações sobre a plataforma de lançamento do foguete Cyclone 4.

Duda Falcão
Empresa Ucraniana Termina Fabricação de Plataforma para Alcântara
16/10/2006

Estadão - A empresa ucraniana Dneprotiazhmash está terminando a fabricação da Plataforma de Lançamento de foguetes Ciclone-4 e dos correspondentes equipamentos terrestres para a base de Alcântara, que fica no Maranhão.

O envio das peças e equipamentos estará pronto em meados de 2007, disse neste domingo à imprensa Yuili Dragomiretski, diretor do consórcio aeroespacial ucraniano.

O desenho e os projetos das instalações e equipamentos foram feitos pelo escritório de engenharia Yuzhnoye, e o consórcio Dneprotiazhmash está encarregado da fabricação dos 63 componentes, que pesam 68 toneladas, e dos seis blocos de equipamentos, com 360 toneladas, para o conjunto de lançamento, disse.

Dragomiretski não informou o valor do contrato, cuja parte financeira, le…

Tecnologia Espacial a Serviço da Sociedade

Imagem
Segue abaixo uma matéria publicada na RevistaEspaço Brasileiro, de abril, maio e junho de 2008, abordando uma tecnologia espacial desenvolvida para satélites pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) que foi repassada para indústria de fornos de padaria.

Duda Falcão

Tecnologia Vinda do Espaço

Café da manhã: cheirinho de café e pão quentinho na mesa. Para garantir as cenas de todas as manhãs na maioria das mesas brasileiras, milhares de padarias espalhadas no Brasil amanhecem o dia assando milhões de pãezinhos. O que muita gente não sabe é que para facilitar o cozimento dos pães, uma alteração nos fornos de padaria passou por um experimento do Programa Espacial Brasileiro.

A pesquisadora da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Márcia Mantelli, com sua equipe, desenvolveu um aparelho chamado minitubos de calor que, ao ser colocado nos fornos de padaria, ajudou a distribuir de forma uniforme o calor garantindo o cozimento rápido e constante do pãozinho nosso de cada dia. S…

Força Tarefa Espacial - Autoridades

Imagem
Segue abaixo leitor (para que vocês possam ficar mais informados) uma lista com informações sobre as autoridades que comandam as instituições e órgãos do Programa Espacial Brasileiro.

Duda Falcão
MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA - MCT

Ministro: Sergio Machado Rezende

Formado em Engenharia Eletrônica (PUC-RJ), recebeu título de mestre (1965) e doutor (1967) pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT), dos Estados Unidos, por seu trabalho com materiais magnéticos. Rezende foi professor da Pontifícia Universidade Católica (PUC-RJ) e do Instituto de Física da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Atualmente, é professor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), para onde foi, em 1972, coordenar a implantação dos primeiros grupos de pesquisa na área de Física.Esse trabalho serviu como base para a criação do curso de Mestrado daquela instituição em 1973, do Departamento de Física em 1974 e do curso de Doutorado em 1975. Foi diretor do Centro de Ciências Exatas e da Natureza da…

Torre Móvel de Integração

Uma vez mais com a ajuda do Pedro (ao qual agradeço mais uma vez), leitor assíduo do blog “Panorama Espacial” do amigo André Mileski, fique sabendo sobre uma matéria postada no site globo.com (imirante.com) abordando informações sobre a TMI - Torre Móvel de Integração do Projeto VLS. Segundo a matéria que tem como assunto principal a Operação Maracati 1 (veja a matéria na integra pelo Link: http://imirante.globo.com/noticias/pagina200640.shtml) a torre começará a ser construída a partir do próximo mês de junho, com uma outra concepção de segurança e um investimento de R$ 40 milhões. Também está programado, ainda para este ano, o início da modernização das salas de controle do CLA, que deverá custar aproximadamente R$ 22 milhões. Em breve postarei maiores informações sobre a concepção e construção dessa torre, importante passo para a realização do projeto do Veículo Lançador de Satélites - VLS e até do Programa Cruzeiro do Sul de lançadores de satélites.

Duda Falcão
Comentário: Pensei qu…

Modernização do CLA e do CLBI

Segue abaixo leitor informações sobre os melhoramentos que foram e ainda serão feitos pela empresa Omnisys no CLA - Centro de Lançamento de Alcântara e no CLBI - Centro de Lançamento da Barreira do Inferno, em Natal-RN, visando a modernização desses centros de lançamento para as futuras missões do Programa Espacial Brasileiro.

Duda Falcão

Descrição

O Brasil possui dois centros de lançamento de foguetes, um localizado em Natal – RN (Centro de Lançamento da Barreira do Inferno) e outro localizado em Alcântara – MA (Centro de Lançamento de Alcântara).

Esses centros possuem diversos sensores (radares de trajetografia, estações de telemedidas, etc) destinados a acompanhar, supervisionar e controlar a trajetória dos foguetes de forma a assegurar o sucesso das missões de lançamento.

A Omnisys realizou e vem realizando diversos projetos destinados a modernizar os atuais sensores. Também vem desenvolvendo uma nova Estação de Telemetrias para atuar como um sistema redundante.

1 - MODERNIZAÇÃO DA ATUA…

Lançado Novo Foguete de Alcântara

29/05/2009 16:33:07

Após dois simulados, que fazem parte de uma série de testes, o Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) lançou, com sucesso, na tarde de hoje, sexta-feira, 29 de maio, o foguete Orion.

O lançamento desse foguete é resultado de uma parceria entre Brasil e Alemanha. Teve como finalidade o treinamento de recursos humanos e a verificação dos meios operacionais do CLA, além do intercâmbio com o Centro Espacial Alemão (DLR) nos campos tecnológicos e científicos. As parcerias com países que possuem tecnologia de ponta na área aeroespacial trazem para o Brasil oportunidade ímpar de capacitar recursos humanos.

O Orion é um foguete de treinamento, desenvolvido pelo Centro Espacial Alemão (DLR), mono-estágio, não-guiado, estabilizado por empenas e lançado a partir de trilho. Consiste de um propulsor denominado Improved Orion, pesando 419 kg. O propulsor IO é carregado com propelente sólido (combustível sólido), com uma fase de decolagem de cinco segundos, e uma fase tipo cruzeiro…

Sistema Dinâmico de Vôo - SDV

Imagem
Segue abaixo na íntegra a matéria publicada na revista Espaço Brasileiro de Junho, Julho e Agosto de 2007 abordando o desenvolvimento pelo Brasil do Sistema Dinâmico de Vôo (SDV) que tem como objetivo a utilização do mesmo no projeto do VLS.

Duda Falcão
No Caminho Certo
Andréia Araújo

O Brasil dá mais um Passo para a
Autonomia na Produção de Foguetes

Muitos dos insumos usados na produção nacional, tanto de foguetes como satélites, precisam ser importados. A grande questão é que trazer essas peças de um outro país é um processo bastante complicado, uma vez que programas espaciais são estratégicos para as nações que os detêm. Há uma série de burocracias e acordos de salvaguardas que oneram os custos e atrasam a produção de projetos importantes para o País.


Por isso, os institutos de pesquisa brasileiros trabalham para desenvolver essas tecnologias. Uma dessas peças fundamentais para a construção de foguetes está em fase final de desenvolvimento: o Sistema Dinâmico de Vôo (SDV). Os responsávei…

Satélite Geoestacionário - SGB

Segue abaixo uma matéria publicada no site Convergência Digital em janeiro desse ano abordando o interesse do Governo brasileiro em seguir com o projeto do SGB - Satélite Geoestacionário.

Duda Falcão
Governo Brasileiro Quer Satélite Geoestacionário
Da redação
Convergência Digital
23/01/2009


Os ministérios do Planejamento (MPOG) e da Ciência e Tecnologia (MCT) assinaram termo de cooperação para contratar os estudos de modelagem do Satélite Geoestacionário Brasileiro, sob a forma de Parceria Público-Privada (PPPs).

No Planejamento, os trabalhos ficarão a cargo da Assessoria Econômica, órgão responsável pelo desenvolvimento das PPPs no governo federal. No MCT, o projeto será desenvolvido pela Agência Espacial Brasileira (AEB/MCT).

O objetivo do satélite é o fornecimento de serviços de telecomunicações de governo, comunicações militares seguras e de informações sobre meteorologia e controle de tráfego aéreo. De acordo com o projeto o satélite deverá ser desenvolvido com alto índice de participaçã…

Novo Lançamento de Foguete em Alcântara

Imagem
Segue abaixo a matéria publicada hoje no jornal “O Estado de São Paulo” referente à nova operação de lançamento de foguete de sondagem em andamento no Centro de Lançamento de Alcântara - Operação Maracati I, já abordada aqui no blog.

Duda Falcão
Após Dois Anos, Alcântara Volta a Ter Lançamento de Foguete
Operação Maracati 1 pretende Preparar Instalações e Equipe Técnica para Novas Campanhas
Wilson Lima e Gabriel Manzano Filho
Jornal “O Estado de São Paulo”
Quinta-Feira, 28 de Maio de 2009


Após cerca de dois anos, o Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) volta a lançar foguete. A previsão é que seja amanhã. O equipamento será de médio porte, na operação batizada de Maracati 1, uma parceria entre Brasil e Alemanha.

Segundo o diretor do CLA, coronel Nilo de Andrade, essa missão visa a treinar pessoal e preparar técnica e logisticamente o CLA. "O objetivo é meramente técnico e esse foguete não levará carga útil", explicou. Andrade também afirmou que o CLA tem passado por reformulações…

Projeto SIA - Sistemas Inerciais

Segue abaixo a nota publicada no blog Panorama Espacial do companheiro André Mileski informado a liberação de recursos por parte da FINEP - Financiadora de Estudos e Projetos para o desenvolvimento de "Acelerômetros de Alto Desempenho".

Duda Falcão
FINEP Libera Recursos para Sistemas Inerciais
No último dia 23, a diretoria da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), vinculada ao Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) aprovou um aporte não-reembolsável de mais de R$ 5 milhões para o projeto “Acelerômetros de Alto Desempenho”, da Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa do Comando da Aeronáutica.

De acordo com a nota divulgada pela FINEP, "o projeto do Comando da Aeronáutica, por exemplo, prevê o desenvolvimento de pesquisas em acelerômetros em estruturas semicondutoras micro e nanofabricadas, possibilitando o seu emprego em aviões e foguetes lançadores de satélites."

O desenvolvimento de acelerômetros se insere no projeto Sistemas de Navegação Inercial para Aplicação…

Missão Centenário

Imagem
Agora leitor falarei sobre o maior momento e a maior missão até os dias de hoje do Programa Espacial Brasileiro. Trata-se da inesquecível e histórica Missão Centenário que levou em 2006 o primeiro brasileiro ao espaço e a Estação Espacial Internacional (ISS).

Duda Falcão
MISSÃO CENTENÁRIO
Descrição da Campanha


Missão: Centenário Numero do vôo do Astronauta: 1
Espaçonave: Soyuz TMA-8 (ida)
Data de lançamento: 30 de março de 2006 Horário: 8h29 no horário local e 23h30 do dia 29/03 no horário de Brasília Local: Centro de Lançamento de Baikonur (Cazaquistão)
Espaçonave: Soyuz TMA-7 (volta) Data de retorno: 08 de abril de 2006
Horário: 20h48 no horário de Brasília
Local: Na região central do Cazaquistão, a cerca de 60 km a nordeste da cidade de Arkalyk
Tempo de Vôo: 9 dias 21horas e 17 minutos
Objetivo: Levar e pesquisar abordo da Estação Espacial Internacional oito experimentos em ambiente de microgravidade de interesse da comunidade científica brasileira. Resultado: Sucesso Total
Experimentos Embarcados
-

Reunião Interministerial - ACS e a Base de Alcântara

Imagem
Segue abaixo a materia que saiu hoje no jornal "O Estado de São Paulo" sobre a reunião interministerial que se realizará também hoje sobre os interesses da ACS na Base de Alcântara.

Duda Falcão
Ministros Vão a Dilma para ''Tirar Atraso'' de Alcântara
Gabriel Manzano Filho
Jornal O Estado de São Paulo
27/05/2009


Depois de um ano e meio perdido em brigas com os quilombolas de Alcântara, no Maranhão, e de patinar na "letargia ruminante da burocracia", o diretor do consórcio espacial Brasil-Ucrânia, Roberto Amaral, espera que uma reunião hoje, no Planalto, sirva para "virar o jogo" e tirar o atraso do programa espacial brasileiro.

Virar o jogo significa, para os dois países, fazer um teste de lançamento de satélite já em 2010, começar as operações comerciais em 2011, lançar seis satélites por ano já nos primeiros anos e, até 2018, ocupar 10% do mercado mundial do setor, que prevê nesse período o lançamento de 960 satélites. Isso tudo com o Cyclone, …

Programa Espacial Brasileiro - Opinião

Imagem
Segue abaixo um artigo que eu acho que é muito importante que o leitor leia na íntegra. Esse artigo foi publicado no Jornal da Unicamp Edição de n° 376 de 2007 e aborda de forma muito clara o Programa Espacial Brasileiro segundo a opinião de três cientistas ligados a Unicamp de Campinas-SP.

Duda Falcão
O Espaço da Unicamp na Órbita
do Programa Espacial Brasileiro

ÁLVARO KASSAB

O Programa Espacial Brasileiro, a despeito de acidentes e problemas históricos, está no caminho certo. A avaliação é de três dos docentes da Unicamp que organizaram, no último dia 4 de outubro, o Fórum Especial “50 Anos da Era Espacial”. São eles: Álvaro Crósta, diretor do Instituto de Geociências (IG); Jurandir Zullo Júnior, diretor do Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura (Cepagri); e Max Henrique Machado Costa, diretor da Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação (FEEC).

A data que deu origem ao evento na Unicamp foi lembrada em todo o mundo. No dia 4 de outubro de 1957, a U…