Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2018

Comitê Busca Candidatos a Coordenador-Geral de Observação da Terra do INPE

Imagem
Caro leitor! Segue abaixo uma nota postada hoje ( 29/01 ) no site oficial do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) destacando que Comitê Busca do INPE busca candidatos para assumir o cargo de Coordenador-Geral de Observação da Terra do instituto. Duda Falcão NOTÍCIA Comitê Busca Candidatos a Coordenador-Geral de Observação da Terra do INPE Por INPE Publicado: Jan 29, 2018 São José dos Campos-SP, 29 de janeiro de 2018 Até 15 de fevereiro, um comitê de especialistas recebe as inscrições de interessados a comandar a Coordenação-Geral de Observação da Terra (CGOBT) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), em São José dos Campos (SP).  Os requisitos para o cargo estão no edital de abertura da seleção, disponível aqui . A área de Observação da Terra do INPE envolve o conhecimento científico e tecnológico nos campos de sensoriamento remoto e geoprocessamento, levantamento de recursos naturais e monitoramento do meio ambiente, alé

Artigo na Science Afirma que Aerossóis Ultrafinos Têm Papel Importante no Regime de Chuvas e no Clima da Amazônia

Imagem
Caro leitor! Segue abaixo uma nota postada hoje ( 29/01 ) no site oficial do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) destacando que artigo na  Science  afirma que Aerossóis Ultrafinos têm papel importante no Regime de Chuvas e no Clima da Amazônia . Duda Falcão NOTÍCIA Artigo na Science Afirma que Aerossóis Ultrafinos Têm  Papel Importante no Regime de Chuvas e no Clima da Amazônia Por INPE Publicado: Jan 29, 2018 São José dos Campos-SP, 29 de janeiro de 2018 Em artigo publicado na revista  Science , nesta sexta-feira (26/01), cientistas de vários países que participaram de uma campanha científica internacional nas proximidades de Manaus, em 2014, afirmam que partículas ultrafinas de aerossóis, de até 50 nanômetros, têm um papel mais importante do que até então se considerava na formação de nuvens de tempestades e no clima da Amazônia. Entre os 21 autores do artigo, estão os pesquisadores brasileiros Luiz Augusto Machado e Ramon Braga, do

Governos Trocam Competição Por Projetos Conjuntos no Espaço

Imagem
Olá leitor! Segue abaixo uma matéria postada ontem ( 28/01 ) no site do Jornal “O Estado de São Paulo” , destacando que Governos trocam competição por projetos conjuntos no espaço . Duda Falcão CIÊNCIA Governos Trocam Competição Por Projetos Conjuntos no Espaço Com desafios tecnológicos e financeiros de missões espaciais cada vez mais ambiciosas, países intensificam cooperação científica Fábio de Castro, O Estado de S.Paulo 28 Janeiro 2018 | 05h00 Foto: NASA Primeira estação espacial na órbita da Lua, Deep Space Gateway  virá de parceria entre EUA e Rússia. Embora as empresas estejam  começando a dominar a nova agenda da exploração espacial , incluindo a jornada a Marte, os governos não saíram de cena – apenas trocaram a agressiva competição do passado pela estreita cooperação científica. De acordo com o físico Adílson Oliveira, da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), intensificar essas parcerias internacionais foi a única

Clarão no Céu Assusta Moradores do Acre

Imagem
Olá leitor! Segue abaixo uma interessante notícia postada ontem ( 28/01 ) no site “G1” do globo.com destacando que clarão no céu assusta moradores do estado do Acre . Duda Falcão ACRE Clarão no Céu Assusta Moradores do Acre Infraero descarta queda de avião e acredita se tratar de um meteorito. Já pesquisador da UFAC, acredita que seja lixo espacial. Por Luan Cesar, G1 AC, Rio Branco 28/01/2018 - 00h22 Atualizado 28/01/2018 - 00h30 (Foto: Assis Lima/Arquivo Pessoal) Clarão foi visto por moradores de Rio Branco, Tarauacá, Feijó, Cruzeiro do Sul, Porto Walter e Rodrigues Alves. Um forte clarão que surgiu no céu chamou atenção dos acreanos no início da noite deste sábado (27). A população ficou assustada com a luminosidade e diversos registros em vídeos e fotos se espalharam rapidamente pelas redes sociais e aplicativos de mensagem. O clarão foi visto por moradores de Rio Branco, Tarauacá, Feijó, Cruzeiro do Sul, Porto Walter e Rodrig

Astrônoma do ON Explica o Porquê Temos de Saber do Que São Feitos Asteroides e Cometas

Olá leitor! Uma grande preocupação tem causando muitas discussões dentro da Comunidade Espacial de todo o mundo, e entre aquelas pessoas mais antenados com o universo que as cercas, inclusive gerando no cinema filmes catástrofes que abordam o tema e muitas vezes sem a devida competência e veracidade. É claro que estamos falando da possibilidade do nosso planeta ser alvejado por um asteroide de grandes proporções ou por um cometa , perigo este que é real e que pode ocorrer mais cedo do que se possa imaginar. Para explicar melhor esta situação e a importância de se conhecer do que são feitos asteroides e cometas, o programa “Universo” da Radioagência Nacional da Empresa Brasileira de Comunicações (EBC) , do Governo Federal , apresentou dia 22/01 a segundo parte da entrevista com a astrônoma brasileira  Daniela Lazzaro , pesquisadora titular do Observatório Nacional (ON) , e coordenadora do “Projeto Impactron” . Segundo a pesquisadora do ON , o “Projeto Impacton” , te

Primeira vez em 150 Anos: Superlua, Lua Azul e Lua de Sangue em Uma Mesma Noite

Imagem
Olá leitor! Segue abaixo uma notícia postada hoje ( 28/01 ) no site do Sputnik News Brasil” destacando que pela primeira vez em 150 anos uma “Superlua ”, “Lua Azul” e uma “Lua de Sangue” aparecerão em uma mesma noite Duda Falcão CIÊNCIA E TECNOLOGIA Primeira vez em 150 Anos: Superlua, Lua Azul e Lua de Sangue em Uma Mesma Noite Sputnik News Brasil Publicado em 28/01/2018 – 02:19 Foto: © REUTERS/ Kacper Pempe Algumas pessoas vivem sua vida inteira sem nunca ter a chance de presenciar este raríssimo evento celestial. Uma superlua, uma 'Lua Azul' e uma Lua de Sangue estarão visíveis em algumas partes do mundo na próxima quarta-feira (31), a primeira vez que algo do tipo acontece em mais de 150 anos. Uma superlua, uma lua cheia em seu ponto orbital mais próximo da Terra, será a última de uma série de três: a primeira deu as caras no dia 3 de dezembro e outra em 1º de janeiro . Considerando que esta também será a segunda lua cheia em um mês,

Método Inovador de Ensino é Aplicado no Curso de Engenharia Aeroespacial da UFSM

Imagem
Olá leitor! Segue abaixo uma interessante nota postada dia ( 22/12 ) no site da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) , sobre um Método Inovador de Ensino aplicado no Curso de Engenharia Aeroespacial desta universidade, apresentado que foi a comunidade acadêmica durante a primeira rodada de apresentações de trabalhos de CPIO da UFSM no final do segundo semestre de 2017 . Duda Falcão GERAL Método Inovador de Ensino é Aplicado no Curso de Engenharia Aeroespacial da UFSM 22/12/2017 - 11:35 O curso de Engenharia Aeroespacial da UFSM conta com um método inovador de ensino, o  CDIO ( conceive, design, implement, operate ). O método tem sua origem no Massachusetts Institute of Technology (MIT) e já está espalhado pelo mundo, em diversas escolas de Engenharia. Na UFSM, é chamado de CPIO (Concepção, Projeto, Implementação e Operação). A ideia é que os alunos desenvolvam atividades inerentes à profissão de engenharia desde o primeiro ano do curso. Em re

Brasil é Promovido ao Grupo de Países da Elite Mundial em Pesquisa Matemática

Imagem
Olá leitor! Segue agora uma nota postada ontem ( 25/01 ) no site do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC) destacando que a “União Matemática Internacional (IMU, na sigla em inglês) ” promoveu o Brasil ao grupo de países da elite mundial em Pesquisa Matemática . Duda Falcão Brasil é Promovido ao Grupo de Países da Elite Mundial em Pesquisa Matemática Por ASCOM Publicado 25/01/2018 - 18h05 Última modificação 25/01/2018 - 19h15 Foto: IMPA Anúncio foi feito na sede do Impa, no Rio de Janeiro (RJ). O Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) e a Sociedade Brasileira de Matemática (SBM) anunciaram nesta quinta-feira (25), no Rio de Janeiro (RJ), o ingresso do Brasil na elite da matemática mundial. A União Matemática Internacional (IMU, na sigla em inglês) aprovou a entrada do país no Grupo 5, que reúne as 11 nações mais desenvolvidas em pesquisa na área. O Impa é uma organização social mantida por meio de contrato de ges