Postagens

Postagem em Destaque

Transparência e Acesso à informação na ETEC de Sistemas Inerciais da AEB: O limite entre a incompetência, a soberba e a Ilicitude.

Olá, leitor! Continuando a nossa saga, que não tem nada de instigante quanto a nonalogia Star Wars, seguimos em frente informando e deixando exposta para a sociedade e a comunidade espacial brasileira,  o  mindset  e o  modus operandi   reinante na Agência Espacial Brasileira (AEB), quando o tema é transparência e obediência aos demais preceitos ligados ao acesso à informação e ao controle social do governo. Essa saga começou quando solicitamos a AEB os nomes das empresas que foram selecionadas para a fase de negociação do processo de  ETEC de Sistemas de Navegação Inercial (veja aqui ), iniciado em meados do primeiro semestre deste ano. De todas as maneiras possíveis, mesmo quando interpelada via manifestação, a AEB impediu o nosso acesso, como cidadão, aos nomes dos selecionados, alegando, sem a devida motivação legal, que só o faria quando da assinatura do contrato, como foi efetivamente feito no último dia 23/12/2020 (veja aqui ). Para resumir, temos a seguinte sequência de fatos:

Um Conto da Carochinha, Uma História Mal Contada

Imagem
Olá amigos leitores do BS !   Por Duda Falcão   Aproveitando-me de uma vaguinha em minha agenda neste sábado de Sol na bela capital baiana, resolvi escrever um artigo sobre algo recorrente no setor espacial que me incomoda há bastante tempo, ou seja, a defesa intransigente e irresponsável de gestores do setor espacial em nome de suas instituições vendendo inverdades a Sociedade Brasileira a qual deviriam responder com seriedade, competência e comprometimento, cumprindo também dessa forma uma promessa feita por mim ao Prof. Rui Botelho (atual editor do BS ) de uma vez ou outra colaborar com artigos, bem como também a uma outra promessa feita a um profissional do setor espacial que merece todo meu respeito e admiração, mesmo confessando aqui há ambos não ter mais motivação para seguir abordando algo (o Programa Espacial Brasileiro-PEB ) que para mim não tem mais futuro. Porém amigos do BS , diferentemente de muitos que militam nos bastidores PEB por várias razões e na maioria das veze

Space Café Regional no Brasil

Imagem
Olá, Leitor! O SpaceWatch.Global é um site internacional especializado em assuntos referentes ao espaço que está em atividade desde 2016. O portal fornece  uma perspectiva completa do setor espacial mundial a partir de  análises, previsões e percepções sobre as implicações geopolíticas dos desenvolvimentos espaciais, com temas que vão da política espacial, exploração espacial, missões espaciais, até armas e tecnologia espaciais. Imagem: Space Café BR. O Space Café WebTalk inaugural ocorreu em 31 de março de 2020, com a participação do Professor Moriba Jah, professor associado do Departamento de Engenharia Aeroespacial e Mecânica de Engenharia da Universidade do Texas em Austin, em conversa com Torsten Kriening, co-editor do SpaceWatch.Global e diretor de operações da ThorGroup GmbH.  Desde então já ocorreram mais de 40 programas e, agora, como o Space Café Brazil, o primeiro programa regional  do referido projeto  na América Latina e o primeiro realizado totalmente em português,  temos

Parceria entre Agência Espacial Brasileira e Universidade Federal de Santa Maria ajudará no mapeamento de tecnologias espaciais nacionais

Imagem
Olá, Leitor! Segue abaixo a nota " Parceria entre Agência Espacial Brasileira e Universidade Federal de Santa Maria ajudará no mapeamento de tecnologias espaciais nacionais ", publicada no site da Agência Espacial Brasileira (AEB), no dia 11/01/2021. Boa leitura do texto e dos comentários do BS no final! Brazilian Space Parceria entre Agência Espacial Brasileira e Universidade Federal de Santa Maria ajudará no mapeamento de tecnologias espaciais nacionais Imagem: AEB Site da AEB ( aqui ) Publicado em 11/01/2021 14h03  Atualizado em 11/01/2021 14h14 A Agência Espacial Brasileira (AEB), autarquia vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), estabelece parceria com a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) para o desenvolvimento de um sistema de informação para o mapeamento de tecnologias espaciais nacionais (MAPTEC). A iniciativa teve seu início em 2019, com um primeiro levantamento de dados e de ferramentas de descrição de tecnologia feitos pela AEB.