Postagens

Postagem em Destaque

A farra dos cursos na AEB! (Parte I)

Olá, Leitor! Antes de mais nada, gostaria de pedir desculpas a você que acompanha o Brazilian Space por, com certa regularidade, apresentar notícias que não dizem respeito a satélites ou veículos lançadores ou sobre tecnologias espaciais em geral. No entanto, caro Leitor, a insignificância da Agência Espacial Brasileira (AEB) dentro do cenário nacional (com poucos recursos e poucos resultados) favorece sobremaneira a não despertar a atenção de Órgãos de Controle e da impressa em geral (a maioria desconhecedora dos meandros da gestão pública, do direito administrativo e, principalmente, do Programa Espacial de Brasileiro - PEB), de modo que poucos atuam no acompanhamento mais de perto do que é feito pela referida Autarquia. Imagem: https://www.bancariosparanagua.org.br/noticia/dez-casos-absurdos-de-desperdicio-de-dinheiro-publico No entanto Leitor, mesmo muitas vezes entrando em um dilema pessoal sobre continuar apontando indícios de má gestão perpetrados na AEB ou deixar isso de lado e

Editor do Brazilian Space participa de Live no Canal Homem do Espaço falando sobre "O Satélite Radar Brasileiro"

Imagem
Olá, Leitor! Participamos na noite de hoje (22/01/2021) de uma Live no canal Homem do Espaço falando sobre "O Satélite Radar Brasileiro". Esse assunto provocou um monte de polêmicas no ano passado, conforme visto nas matérias "O Radar da Discórdia" e "COMAER responde questionamento sobre aquisição de microssatélite SAR pela FAB". Além do tema SAR, falamos sobre o Programa Espacial Brasileiro (PEB), gestão e governança do PEB e outros assuntos. Vejam a live aqui: Agradecemos o convite do Júnior (O Homem do Espaço) e a audiência qualificada do canal pela participação. Rui Botelho (Brazilian Space)

Um Conto da Carochinha, Uma História Mal Contada

Imagem
Olá amigos leitores do BS !   Por Duda Falcão 16/01/2021   Aproveitando-me de uma vaguinha em minha agenda neste sábado de Sol na bela capital baiana, resolvi escrever um artigo sobre algo recorrente no setor espacial que me incomoda há bastante tempo, ou seja, a defesa intransigente e irresponsável de gestores do setor espacial em nome de suas instituições vendendo inverdades a Sociedade Brasileira a qual deviriam responder com seriedade, competência e comprometimento, cumprindo também dessa forma uma promessa feita por mim ao Prof. Rui Botelho (atual editor do BS ) de uma vez ou outra colaborar com artigos, bem como também a uma outra promessa feita a um profissional do setor espacial que merece todo meu respeito e admiração, mesmo confessando aqui há ambos não ter mais motivação para seguir abordando algo (o Programa Espacial Brasileiro-PEB ) que para mim não tem mais futuro. Porém amigos do BS , diferentemente de muitos que militam nos bastidores PEB por várias razões e na maior