Cooperação Espacial Brasil - Israel


Deputados Brasileiros Debatem
com Israelenses Cooperação na Área Aeroespacial

Uma delegação de representantes do governo e de indústrias israelenses da área aeroespacial visitou nesta segunda-feira, dia 12, em Brasília (DF), a sede do Congresso Nacional

O grupo foi recebido pela primeira vice-presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTCI) da Câmara dos Deputados, Professora Raquel Teixeira (PSDB-GO) e pelo deputado Paulo Henrique Lustosa (PMDB-CE).

A proposta do encontro foi a de estabelecer e fortalecer as relações entre o Brasil e Israel nesse setor. O grupo, liderado pelo chefe da Agência Espacial Israelense, Isaac Ben-Israel, demonstrou especial interesse em projetos de cooperação na área de satélites.

De acordo com Teixeira, a visita teve como objetivo ampliar o debate sobre o setor aeroespacial. Os israelenses esperam do Congresso Nacional a discussão das questões que envolvem a política espacial brasileira a fim de que se possa viabilizar parcerias nas áreas de tecnologia para os setores de telecomunicações, segurança, meio ambiente, clima e até mesmo educação a distância e acesso à internet em banda larga.

A comitiva contou com a participação do embaixador de Israel, Giora Becher, um representante do Ministério da Defesa de Israel e dirigentes de cinco indústrias israelenses da área aeroespacial. O grupo ainda participará de reuniões em alguns ministérios e visitará o Comando Geral de Tecnologia Aeroespacial (CTA), em São José dos Campos (SP).

Entre as especialidades dos israelenses estão a produção de satélites leves (200/300 kg), satélites de comunicação, uso de radar para fotografia à noite e abaixo das nuvens, entre outras tecnologias. Teixeira destacou o interesse do grupo em espaço para lançamento de foguetes e satélites, dadas as limitações geográficas de Israel. Uma proposta de acordo neste sentido está em análise pelo Ministério das Relações Exteriores.
(Com informações da CCTCI e Gestão C&T, 829)

Ouça a notícia na Rádio Câmara:
arquivo: rdflahs20090511-MM-0007-wma-028.wma


Fonte Site do Jornal da Ciência - 12/05/2009

Comentário: Esse interesse que os israelenses estão demonstrando na área de satélites não deixa de ser interessante. Parece pela matéria que eles estão também interessados no uso do Centro de Lançamento de Alcântara para lançamentos de foguetes e satélites, o que é bastante interessante também, pois implicaria na geração de recursos para o Programa Espacial Brasileiro. No entanto, no atual momento que vive o programa espacial, em minha opinião antes de assinar qualquer outro acordo internacional, será necessário primeiro arrumar a casa, pois se assim não for, só aumentará a bagunça e o enorme atraso tecnológico.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial