Projeto PSO do INPE


E agora abordarei com o leitor um outro projeto do INPE - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, chamado “Projeto PSO”. O projeto PSO (plataforma suborbital) teve como objetivo desenvolver uma plataforma com o objetivo de criar uma ambiente de microgravidade que possibilita-se a realização de diferentes tipos de experimentos científicos, permitindo assim uma porta de entrada para a comunidade acadêmica e industrial brasileira ao ambiente espacial.

Apesar de esse projeto ter sido desenvolvido e testado em vôo, foi abandonado e não se tem maiores informações sobre o motivo do abandono.


A PSO acoplada ao foguete SONDA III e a Plataforma Antes do Lançamento

Campanha de Lançamento

Início da Campanha: 24/11/2000
Nome da Operação: Operação Alecrim
Data de Lançamento: 09/12/2000
Foguete: Sonda III
Local: Centro de Lançamento da Barreira do Inferno - Natal-RN
Apogeu do vôo: 290 Km
Tempo de vôo: Não divulgado
Objetivo: 1o teste de vôo da Plataforma Suborbital - PSO
Resultado: Sucesso parcial
Situação: Não há informações sobre a continuação do projeto

Experimentos Embarcados:

- Sistema Nacional de Decomutação computadorizado
- Receptor GPS
- Bloco Girométrico e Acelerométrico (PCM)

Instituições Envolvidas:

AEB - Agência Espacial Brasileira
CTA - Centro Técnico Aeroespacial
IAE - Instituto de Aeronáutica e Espaço
INPE - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais
DEPED - Departamento de Pesquisas e Desenvolvimento
COMGAR - Comando da Aeronáutica
CLBI - Centro de Lançamento da Barreira do Inferno - Natal-RN
CLA - Centro de Lançamento de Alcântara - Alcântara-MA


Fonte: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE

Comentário: O projeto da PSO foi em minha opinião muito importante e deveria ter sido realizado até o final, o que permitiria hoje a AEB e a comunidade industrial e acadêmica uma plataforma suborbital a ser lançada por foguetes de sondagem, que seria essencial para pesquisas em ambiente de microgravidade. Infelizmente por razão ainda não esclarecida pelo INPE, o projeto não foi avante. Estranhamente em um vôo conjunto com os argentinos em dezembro de 2007 (Operação Angicos) foi testada um plataforma argentina que eu espero que não seja usada no futuro em detrimento da PSO.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial