NASA Planeja Mandar Primeira Mulher Para a Lua em 2024

Olá leitor!

Segue abaixo uma interessante matéria postada ontem (14/05) no site da “Revista Superinteressante” destacando que a NASA americana planeja mandar a primeira mulher para a Lua em 2024.

Duda Falcão

Ciência

NASA Planeja Mandar Primeira Mulher Para a Lua em 2024

Por Maria Clara Rossini
Publicado em 14 maio 2019, 18h02

(NASA/JPL/Reprodução)

O homem pisou na Lua pela primeira vez há 50 anos. Entre 1969 e 1972, a missão Apollo levou 12 pessoas à superfície lunar – e nenhuma delas era mulher. Mas, em 2024, ano da próxima viagem da Nasa ao nosso satélite natural, essa não será a realidade. A missão Artemis planeja enviar, pela primeira vez, uma astronauta à Lua.

O anúncio foi feito no Twitter oficial da agência espacial americana nesta segunda-feira (13). A missão recebeu o nome em homenagem à irmã gêmea de Apolo, deus grego do Sol. Além de ser uma das mulheres mais importantes da mitologia grega, Ártemis é a deusa da caça e é representada pela Lua.



Uma outra referência à deusa grega é a espaçonave Orion, que levará os astronautas até uma estação espacial em órbita na Lua. Na mitologia, Orion é companheiro de caça de Ártemis e o único homem por quem ela teria sentido algum tipo de atração.

Mas, para que a missão seja executada em cinco anos, a Nasa pediu ao governo americano um aumento de 1,6 bilhão de dólares no orçamento da agência de 2020. A maior parte do acréscimo será utilizada para o desenvolvimento de um mecanismo de pouso na Lua, um dos processos mais difíceis de ser realizados. Como falamos nesta matéria da SUPER, uma das opções é a compra da sonda “pousadora” Blue Moon, desenvolvida pelo fundador da Amazon.

O principal objetivo da missão Artemis é estudar as possibilidades de colonização da Lua. As tecnologias estão sendo desenvolvidas aqui na Terra e serão colocadas em prática lá em cima. Depois de estabelecer uma infraestrutura no satélite e em sua órbita, o próximo plano da Nasa é enviar astronautas para Marte, por volta de 2030.


Fonte: Revista da Superinteressante - https://super.abril.com.br/

Comentário: Pois é leitor, os americanos estão a todo vapor e o Brasil não pode continuar perdendo tempo., isso já foi feito em quase uma década de “Coelhadas” e fanfarrices. É claro que a nossa situação econômica e política não é no momento das melhores (especialmente depois das declarações do Deputado Eduardo Bolsonaro sobre bombas nucleares que só complicam mais as coisas), porém é nesses momento difíceis que se deve investir no futuro, pois a fila anda e ninguém ficar esperando por você. O PEB é um programa estratégico e precisa ser tratado desta forma com competência, visão, determinação e dinamismo, estamos para lá de atrasados e o caminho é longo e precisa ser percorrido, ou as próximas gerações pagarão um alto preço pelos nossos erros. Aproveitamos para agradecer ao nosso leitor Rui Botelho pelo envio dessa notícia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial