IAE Assina Convênio de Receitas Próprias Com a Fundação Casimiro Montenegro Filho

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje (15/05) no site do Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE), destacando que o instituto assinou um “Convênio de Receitas Próprias” com a Fundação Casimiro Montenegro Filho.

Duda Falcão

IAE Assina Convênio de Receitas Próprias Com a Fundação Casimiro Montenegro Filho

Fonte: Cap Christiane Bueno
Edição/imagens: SCS
Publicado: 15 Maio 2019
Última atualização em 15 Maio 2019


No dia 14 de março de 2019 (quinta-feira), o Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE) celebrou a assinatura do Convênio de Receitas Próprias entre IAE e Fundação Casimiro Montenegro Filho (FCMF). Participaram da assinatura o então Diretor do IAE, Brigadeiro Engenheiro Otero, o Presidente do Conselho Diretor da Fundação, Brigadeiro Engenheiro R1 Luiz Sérgio Heinzelmann, representantes da Fundação, o Vice-Diretor do IAE, Cel Int Antenuzzi, o Subdiretor de Projetos, Cel Eng Blanco, e militares e servidores do Instituto que participaram do processo da assinatura do Convênio de Receitas Próprias.

Esse convênio visa a captação, gestão e aplicação das receitas próprias do IAE para a implementação do “Projeto de Modernização da Infraestrutura do IAE voltada a Projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação” , com o intuito de prover os subsídios necessários para atender os objetivos do Plano Estratégico do IAE 2013-2023, principalmente no que tange à infraestrutura que propicie um ambiente de soluções inovadoras que possibilitem o desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação do País. O objetivo é à modernização de setores do Instituto, para que seja realizada revitalização de forma sistêmica, buscando excelência na prestação de serviços, bem como melhores resultados para os projetos tecnológicos do Instituto, e ainda almejando a melhoria contínua de nossos processos.



Fonte: Site do Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE)

Comentário: Bom leitor essa notícia me parece bastante positiva, porem gostaria da opinião de especialistas neste assunto. Entretanto não há duvida de que a infraestrutura laboratorial do IAE precisa ser melhorada e aprimorada se quisermos mesmo um programa espacial realmente significativo, como por exemplo, a construção de um banco de testes para motores líquidos de 100 kN ou mais, projeto este já existente e desejado há mais de dez anos. É claro que eu olho para o IAE não só como um instituto de pesquisa bem como também (nesse primeiro momento) como um fornecedor de serviços de testes para as pequenas startups espaciais brasileiras que ainda não dispõe de certos laboratórios para desenvolver os seus projetos, principalmente aquelas ligadas as áreas de foguetes lançadores.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Rússia Oferece ao Brasil Assistência no Desenvolvimento de Foguetes