MAB - Memorial Aeroespacial Brasileiro

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada ontem (15/08) no site “www.brasilwiki.com.br” destacando o Memorial Aeroespacial Brasileiro (MAB), um local que conta com propriedade a história aeroespacial brasileira.

Duda Falcão


MAB - Memorial Aeroespacial Brasileiro


wiki repórter

Jony Santellano

São José dos Campos-SP

Publicado em 15/08/2010



Monumento em homenagem aos mortos

no acidente do VLS, no parque do MAB.

Foto: Paulo Macedo / Disponível no FLICKR


O MAB - Memorial Aeroespacial Brasileiro - é um espaço que ocupa uma área de cerca de 75 mil metros quadrados onde existe um parque temático, um museu e outras obras arquitetônicas dedicados a preservar a memória das atividades desenvolvidas nas áreas de Aeronáutica e Espaço, especialmente aquelas desenvolvidas pelas mãos de brasileiros. O MAB está situado junto ao campus do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), órgão do Comando da Aeronáutica (COMAER), localizado em São José dos Campos, SP, e desde a sua fundação em 19 de fevereiro de 2004 tornou-se um marco de referência da cultura aeroespacial brasileira.

No acervo do MAB podemos encontrar equipamentos que contam a história do início da indústria aeronáutica brasileira, registros das nossas atividades espaciais, peças e documentos correlatos. No parque temático estão expostos antigos aviões restaurados da Embraer, réplicas dos foguetes da família Sonda (I, II, III e IV), desenvolvidos todos no Brasil, e documentando a evolução das nossas pesquisas com lançadores espaciais, que começaram com um pequeno foguete e culminaram no desenvolvimento de um Veículo Lançador de Satélites (VLS), cuja réplica encontra-se também resguardada no MAB.

Uma exposição relembra a missão do astronauta brasileiro Marcos Pontes a bordo da Estação Espacial Internacional, em 2006. O governo russo doou ao MAB uma cópia do Sputnik 1, primeiro satélite artificial lançado ao espaço pela antiga União Soviética, em 4 de outubro de 1957, inaugurando a ’Era Espacial’, e a cápsula usada na viagem espacial do astronauta Pontes (Soyuz TMA-7), que não tem ainda uma data prevista para chegar ao MAB.

Próximo ao prédio do museu e ao belo lago do parque do MAB foi construído um monumento em homenagem aos 21 mortos no acidente do VLS, ocorrido em 23 de agosto de 2003, no Centro de Lançamento de Alcântara (MA), considerado a maior tragédia do programa espacial brasileiro.

Nos cinco primeiros anos do seu funcionamento o MAB foi administrado pela Associação Brasileira de Cultura Aeroespacial (Abcaer), entidade civil, de direito privado, sem finalidade econômica, que tem entre os seus objetivos a preservação do patrimônio histórico nacional de interesse aeroespacial. Durante esse período o MAB recebeu cerca de 190 mil visitantes e 92 delegações estrangeiras. A partir de 19 de fevereiro de 2009 o MAB passou a ser administrado pelo DCTA e a Abcaer ficou responsável somente pelos seus projetos culturais.

O MAB, juntamente com o Centro de visitantes do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, sediado em São José dos Campos) e o Centro Histórico da Embraer, tornou-se referência nacional para o estudo e preservação da cultura aeroespacial brasileira e recebe inúmeras comitivas de estudantes, delegações de empresários, turistas e demais interessados, sempre ávidos para conhecer os registros do nascimento e dos primeiros passos de um setor que não para de crescer e hoje projeta o Brasil no cenário mundial.

FONTES:

- MAB - Memorial Aeroespacial Brasileiro. Disponível em: http://www.cta.br/mab/

- Jornal ’Valeparaibano’ (São José dos Campos, SP), 12/fevereiro/2009. ("MAB fecha as portas após fim do contrato com Abcaer", reportagem de Suzane Rodrigues, p. 13).

- Jornal ’Valeparaibano’ (São José dos Campos, SP), 12/outubro/2008. ("Associação planeja erguer novo complexo aeroespacial", reportagem de Chico Pinheiro, p. 16).

- Jornal ’Valeparaibano’ (São José dos Campos, SP), 11/junho/2008. ("MAB planeja construção de complexo", reportagem de Vivian Zwaricz, p. 16).

- ABCAER - Apresentação. São José dos Campos, sd.



Reportagem da TV BAND a época da
Reabertura do MAB em 23/07/2009

Comentário: Certamente o MAB é um local para todos os amantes da aeronáutica e espaço visitarem quando estiverem de passagem por São Paulo, já que é uma grande oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a nossa história.

Comentários

  1. Hummm, é aquilo que eu já havia comentado...passado 4 anos da Missão Centenário, a Capsula Soyus de retorno, ainda não foi enviada ao Brasil, conforme prometido...Pelo que eu soube debaixo dos panos, a prefeitura de Bauru e a Universidade da cidade de Bauru, local de nascimento do Astronauta Marcos Pontes, também estão na disputa pela capsula.

    ResponderExcluir
  2. Pois é Ricardo, bem lembrado. Será que já não é um efeito do suposto desentendimento entre os dois países? Não sei, teremos de aguardar para ver o que acontece. Por enquanto ao que parece às imagens dos ucranianos e dos Franceses da EADS estão fortalecidas e a dos russos...

    Abs

    Duda Falcão
    (Blog Brazilian Space)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial