Brasileiro Desenvolve Propulsor para Satélite Italiano

Olá leitor!


Na busca da notícia muitas vezes temos de agir como verdadeiros investigadores para obter informações que não estão facilmente à disposição das pessoas que não fazem parte do setor.

Assim sendo, depois de horas de navegação fui surpreendido com a descoberta de que um invento de um pesquisador brasileiro que finalizou recentemente (2009) seu Doutorado em Engenharia Elétrica pela Universidade de Southampton (UoS), Reino Unido, será lançado abordo do microssatélite italiano UniSat-5 da Scuola di Ingengeria Aerospaziale da Universidade de Roma “La Sapienza”, na Italia.

Trata-se do Dr. Rodrigo Intini Marques, nascido em Goiânia, e que é o inventor de um novo tipo de Propulsor Lateral de Plasma Pulsado (Pulsed Plasma Thruster - PPT) que foi patenteado em 2008.


O Propulsor Lateral de Alta Freqüência

a Plasma Pulsado (HFB-PPT) em testes


Será esse propulsor que estará abordo do microssatélite italiano UniSat-5 previsto para ser lançado em dezembro de 2010 ou em 2011, segundo outras fontes.

O desenvolvimento desse propulsor contou com o apoio do Laboratório de Combustão e Propulsão (LCP) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) à época de seu doutorado na Universidade de Southampton, e atualmente o modelo de vôo para esse microssatélite (segundo o site planejamento colaborativo do INPE - http://www.inpe.br/twiki/bin/view/Acao/GestaoCte2010) encontra-se no INPE com a sua câmara de vácuo em preparação.

O Dr. Rodrigo Marques trabalhou até outubro de 2009 na MSL - Mars Space Ltd (http://mars-space.co.uk/) que é uma empresa da Universidade de Southampton, criada em 2007 e especializada em tecnologias espaciais e plasma.

Apesar de não termos encontrado informações sobre o paradeiro do pesquisador brasileiro, acreditamos que o Dr. Rodrigo Marques tenha retornado ao LCP do INPE e esteja coordenando o projeto de desenvolvimento desse propulsor para o microssatelite italiano.

Duda Falcão

Fonte: Diversas

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial