segunda-feira, 9 de agosto de 2010

CLBI Apresenta VLS-PET na CIENTEC

Olá leitor!

Segue abaixo uma notícia postada hoje (09/08) no site do “Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI)” informando que o CLBI apresentou o Projeto Educacional Tecnológico-Ambiental VLS-PET durante a realização da CIENTEC.

Duda Falcão


CLBI Apresenta VLS-PET na CIENTEC


VLS-PET: PROJETO EDUCACIONAL TECNOLÓGICO-AMBIENTAL

DE CONSTRUÇÃO E LANÇAMENTO DE FOGUETES PET

PROPULSADOS A ÁGUA E AR COMPRIMIDO


Autor: 1º Ten. Marcos Lopes

09/08/2010


O presente projeto educacional visa à construção, desenvolvimento e lançamento de foguetes pet propulsados a ar comprimido e água, em modelos sucessivos, objetivando a obtenção de um modelo do VLS, o Veículo Lançador de Foguetes.

O veículo original, projetado e desenvolvido no âmbito do Comando da Aeronáutica é o grande objetivo e objeto dos esforços de muitos técnicos, engenheiros e cientistas e visa capacitar o País para o acesso ao espaço, com o domínio de todo o ciclo de produção de satélites, colocação em órbita e operação. No ano de 2003 houve um acidente no Centro de Lançamento de Alcântara durante a campanha de lançamento do VLS, no qual foram vitimados 21 engenheiros e técnicos, causando uma perda inestimável de vidas, massa crítica e infraestrutura (Faleceram no acidente os seguintes técnicos e engenheiros: Amintas, Cezarini, Daniel, Pedrini, Varejão, Eliseu, Gil, Garcia, Jonas, José Aparecido, Edu, Chicão, José Pedro, Primon, Mário, Massa, Maurício, Seguchi, Rodolfo, Sidney e Tinho).

O desenvolvimento do VLS-PET tem múltiplos objetivos, a saber:

a) Demonstração de forma prática e lúdica do princípio de funcionamento dos foguetes, conhecido como Princípio da Ação e Reação ou 3ª Lei de Newton, para os alunos visitantes do Centro de Lançamento da Barreira do Inferno.

b) Educação ambiental através da reciclagem de garrafas pet, potenciais poluidoras se abandonadas no meio ambiente e potenciais reservatórios de água para o desenvolvimento de larvas de vetores transmissores de doenças.

c) Educação ambiental, através do espalhamento de sementes à altura proporcional ao apogeu e abertura do para quedas do foguete pet em áreas desmatadas.

d) Divulgação do Veículo Lançador de Satélites e do Programa Espacial Brasileiro.

e) Divulgação do nome dos 21 heróis brasileiros mortos no acidente de Alcântara, os quais doaram suas próprias vidas em prol do desenvolvimento do Programa Espacial Brasileiro.

O presente trabalho revestiu-se de total sucesso, visto que foram atingidos todos os objetivos propostos tendo-se chegado a um modelo do VLS funcional, que voou a cerca de 80 metros, com recuperação por pára-quedas.

Veja a reportagem sobre o trabalho apresentado na SBPC.



Fonte: Site do Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI)

Comentário: Parabéns ao Centro de Lançamento da Barreira do Inferno por essa iniciativa educacional e pela lembrança em homenagear esses 21 técnicos e heróis brasileiros valorosos que deram suas vidas em prol do programa VLS. Nada é mais justo que esta homenagem (pelo menos por parte de seus companheiros já que não se pode esperar esse reconhecimento do governo) mesmo que modesta.

9 comentários:

  1. Prezados senhores

    Agradeço a divulgação do Projeto. Esperamos com ele poder colaborar na divulgação do Programa Espacial Brasileiro para as crianças visitantes do CLBI, bem como poder despertar para a importância da proteção ao meio ambiente. Não conhecia o BRAZILIAN SPACE, e acabei surpreso pela quantidade e variedade de notícias da área aqui divulgadas. Parabéns pelo excelente trabalho!

    Ten Marcos Lopes
    Centro de Lançamento da Barreira do Inferno
    Autor do Projeto VLS-PET

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu fiz um parecido com esse, gostei do resultado. Abraços!

      Excluir
    2. Eu queria mostrar como ficou o meu, para onde eu mando a foto? vcs tem endereço de E-mail? Abraços.Isabel

      Excluir
  2. Caro Ten. Marcos Lopes,

    Não há o que agradecer, o blog “BRAZILIAN SPACE” foi criado a pouco mais de um ano com o intuito de divulgar as atividades espaciais do país. Incluem-se nesse contexto projetos educacionais como esse que é coordenado pelo senhor e aproveito para parabenizá-lo e ao CLBI pela iniciativa. Desde já nos colocamos a inteira disposição do “Projeto VLS-PET” e do CLBI para divulgar notícias sobre os mesmos quando assim for do interesse de vocês. Agradecemos pelo reconhecimento ao nosso trabalho, certos de estarmos de alguma forma contribuindo para o desenvolvimento do Programa Espacial Brasileiro.

    Abs

    Duda Falcão
    (Blog Brazilian Space)

    ResponderExcluir
  3. oi pessoal eu gostei do fogete e queria saber o paso a paso dele para fazer o meu..preciso apresentar e gostaria de utilizaro seu como exemplo se alguém poderia se comunicar comigo..aqui no meu email ( danna777.dc@gmail.com )por favor ..muito obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Danna!

      Sugiro que você entre em contato com o Ten. Marcos Lopes do Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI), pois o projeto é dele. O contato creio pode ser feito através do site do CLBI, tá ok?

      Abs e boa sorte.

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir
  4. Respostas
    1. Olá Gustavo!

      Infelizmente não temos essa informação.

      Abs

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir
    2. A DISTÂNCIA DEPENDE DA ALTURA NA QUAL O PARAQUEDAS ABRE E DA VELOCIDADE DO VENDO. QUANTO MAIS ALTO ABRE E QUANTO MAIOR A VELOCIDADE DO VENTO MAIS LONGE O FOGUETE.

      CAP MARCOS LOPES

      Excluir