Secretário Nobre Assina Compra de Radares para CEMADEN

Olá leitor!

Segue abaixo uma notícia postada ontem (19/12) no site do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) destacando que o Secretário de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento do MCTI, Carlos Nobre, assina hoje contratos de compra de nove radares meteorológicos para o Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (CEMADEN/MCTI).

Duda Falcão

Secretário Nobre Assina Compra
de Radares para CEMADEN

Ascom do MCTI,
com informações do CEMADEN
19/12/2012 - 19:21

O secretário de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Carlos Nobre, assina nesta quinta-feira (20), às 14h, na sede da pasta, contratos de compra de nove radares meteorológicos para o Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (CEMADEN/MCTI).

A aquisição de equipamentos para aumentar a capacidade de prevenção diante de eventos extremos é uma das medidas do Plano Nacional de Gestão de Riscos e Resposta a Desastres Naturais. Radares informam sobre a variabilidade espacial e temporal da chuva em regiões contínuas, enquanto pluviômetros medem o volume de precipitação nas áreas de risco onde são instalados.

As licitações preveem que o MCTI invista R$ 72 milhões em radares e R$ 4,8 milhões em pluviômetros semiautomáticos. Na última quinta-feira (13), a pasta já havia assinado contratos com duas empresas brasileiras para fornecimento e instalação de 1,5 mil pluviômetros automáticos, a R$ 20,5 milhões.

Os nove radares se somarão aos 24 que se encontram em operação, considerados insuficientes para suprir a demanda. “Os equipamentos em operação possuem tecnologia criada na década de 1980”, explica o coordenador de Operações e Modelagem do CEMADEN, Carlos Frederico Angelis. “Por isso, é urgente a necessidade de incluir novos radares meteorológicos com tecnologia de última geração ao Sistema Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais.”

No anúncio do plano de ações do governo federal para proteger e atender a população das regiões Sudeste e Sul durante o período crítico de chuvas do próximo verão, o diretor do CEMADEN, Agostinho Ogura, informou que o centro monitora atualmente 274 municípios. Quando começou a operar, em dezembro de 2011, a unidade do MCTI acompanhava 56 cidades. Desde então, a instituição emitiu 236 alertas para o Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (CENAD/MI), responsável por acionar a defesa civil.

Pluviômetros

No dia seguinte – sexta-feira (21) –, o secretário Nobre assinará o contrato de 1,1 mil pluviômetros semiautomáticos para o CEMADEN, na sede do centro, em Cachoeira Paulista (SP). Na ocasião, será lançado o projeto Pluviômetros nas Comunidades.

Serviço

Evento: assinatura de contratos de compra de nove radares meteorológicos

Data: 20 de dezembro, quinta-feira

Horário: 14 horas

Local: Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação – Sala de Reuniões da Secretaria de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento (SEPED) – Esplanada dos Ministérios, bloco E, 2º andar – Brasília

Informações para a imprensa: Ascom do MCTI – (61) 2033-7515


Fonte: Site do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI)

Comentário: Bom, muito bom mesmo. Não resta dúvida que já é um avanço apesar de ser uma ação que chega com décadas de atraso e se tomada antes poderia ter evitado muitas mortes, mas enfim... Parabéns ao MCTI e ao secretário Carlos Nobre.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial