Proj. Permitirá Instalação de Pluviômetros em Áreas de Risco

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje (20/12) no site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) destacando que projeto permitirá instalação de Pluviômetros em Áreas de Risco.

Duda Falcão

Projeto Permitirá Instalação de
Pluviômetros em Áreas de Risco

Quinta-feira, 20 de Dezembro de 2012

O projeto "Pluviômetros na Comunidade” será lançado pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (CEMADEN), instalado no campus do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) em Cachoeira Paulista, nesta sexta-feira (21/12). O evento, com início às 10 horas, contará com a presença do ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Marco Antonio Raupp.

Na ocasião, o secretário de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento do MCTI, Carlos Nobre, assinará o contrato com a Squiter Equipamentos Profissionais do Brasil Ltda, empresa de pequeno porte que venceu a licitação para o fornecimento dos pluviômetros  semiautomáticos.

O projeto prevê a aquisição de 1.100 pluviômetros semiautomáticos, que serão instalados em áreas de risco e operados por equipes de cada comunidade, especialmente treinadas para a obtenção dos dados sobre chuvas. Isso permitirá à comunidade se organizar, contatar as autoridades locais e, mais rapidamente, receber orientações para adotar medidas imediatas em situações de risco.

“Pretende-se  promover o engajamento e a conscientização dos moradores que vivem em áreas de riscos, completando a rede de informações hidrometeorológicas que fazem parte da estrutura observacional do país para o monitoramento e alertas de desastres naturais”, explica Regina Alvalá, coordenadora do projeto, que prevê ainda a elaboração de material didático, filmes, cartilhas etc, atividades que contarão com o apoio do Centro de Ciência do Sistema Terrestre do INPE.

Prevenção

O pluviômetro, que será instalado próximo às áreas de risco de deslizamento, realizará de forma automática a medida e o armazenamento dos valores de intensidade e do acumulado de precipitação pluviométrica que ocorre sobre um determinado local. A leitura destes valores será realizada diretamente em um visor digital, sendo que o sistema de armazenamento de dados apresenta funcionalidades que permitem a conexão de um dispositivo externo para a retirada das informações, que poderão ser transmitidas, manualmente, por equipes das comunidades das áreas de risco para o CEMADEN/MCTI.

O CEMADEN está identificando parceiros interessados em receber e instalar pluviômetros em áreas de risco dos municípios mais suscetíveis e vulneráveis à ocorrência de desastres naturais, principalmente deslizamentos. O projeto "Pluviômetros nas Comunidades" pretende introduzir a cultura da percepção de riscos de desastres naturais no Brasil, envolvendo a população que vive em áreas de risco e fortalecendo as capacidades locais de enfrentamento de eventos adversos.

Segundo a responsável pelo projeto, engajar a comunidade no monitoramento ambiental em situações de risco tem sido prática eficaz para mitigar desastres naturais em vários países do mundo. “A instalação dos pluviômetros, principalmente próximos às áreas de risco de deslizamentos, permitirá às comunidades participar de maneira ativa na gestão do risco. O envolvimento dos moradores em áreas de risco consiste numa importante ação de mobilização social, incluindo a possibilidade de participação de crianças, jovens ou idosos na coleta, leitura e interpretação dos dados”, conclui Regina Alvalá.


Fonte: Site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial