Câmara Aprova PL que Criará Vagas para AEB

Olá leitor!

Recebi agora a pouco o press release abaixo enviado ao blog pela “Chefe de Divisão da Assessoria de Imprensa Coordenação de Comunicação Social (CCS)” da Agência Espacial Brasileira (AEB), Sra. Raíssa Lopes, informado que Câmara dos Deputados aprovou PL (Projeto de Lei) que criará vagas para AEB, mas o texto ainda terá de ser votado pelo Senado.

Duda Falcão

Câmara Aprova PL que Criará Vagas
para Agência Espacial Brasileira

Foi dado mais um passo para a realização do primeiro concurso público para a composição de quadro de servidores da Agência Espacial Brasileira (AEB). A Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 4365/12 que cria cargos em diversas carreiras do Governo, entre elas na área de Ciência e Tecnologia. O texto ainda precisa ser votado pelo Senado. Se aprovado, representará a inserção da AEB dentro do plano de carreira de C&T e criará quadro próprio de pessoal para a instituição.

Ao todo, o PL cria 6.568 vagas, com ênfase nas áreas de Ciência e Tecnologia (3.594), Previdência (755) e Tecnologia da Informação (500). De acordo com o projeto, na área de Ciência e Tecnologia os cargos atenderão diversos órgãos, como a Agência Espacial Brasileira (AEB), os Comandos da Marinha e do Exército, a Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Essa é mais uma conquista do Programa Espacial Brasileiro em 2012.



Fonte: Agência Espacial Brasileira (AEB)

Comentário: Agradecemos a Sra. Raíssa pelo contato e avaliamos a notícia como positiva, isto é, se essa PL for efetivamente aprovada no Senado. Entretanto, chamo atenção do leitor para o aparente fato do Comando da Aeronáutica (COMAER) não ter sido incluído entre os órgãos beneficiados, lembrando que é justamente nesse órgão da Aeronáutica que está subordinado o DCTA/IAE, responsável pelo desenvolvimento dos veículos lançadores do país e que passa por uma grave falta de servidores em seus laboratórios. Estranho, muito estranho isso.

Comentários

  1. O INPE só terá 400 novas aquisições de pessoas até 2016, o IAE não é mencionado aí... para onde é que vai toda essa gente da AEB?

    ResponderExcluir
  2. Olá Israel!

    Na realidade não são todos para AEB, apenas uma pequena parte desse montante de servidores irá para a Agência visando torná-la mais ágil, pelo menos creio que essa seja a ideia, já que (até onde eu sei) a AEB não tem servidores fixos e vive de servidores emprestados de outros órgãos do governo, mas é estranho o DCTA não ter sido incluído nessa PL, pelo menos não o foi nessa nota enviada pela Assessora da AEB.

    Abs

    Duda Falcão
    (Blog Brazilian Space)

    ResponderExcluir
  3. OK, no papel tudo certo, então anotem aí vamos usar a data de hoje como o marco.

    Foi criado o Projeto de Lei para criar e prover os cargos no funcionalismo público, necessários aos projetos da AEB. Agora é só fazer virar lei, iniciar e finalizar os concursos, contratar, treinar...

    Quanto ao problema do DCTA, é aquilo que vivo falando, a AEB é do MCT, o DCTA é do MD, se esse "governo" diz que não sabe nem o que acontece nos seus gabinetes estaduais, que dirá dois ministérios trabalharem de forma integrada. Eu não acredito que isso vá acontecer um dia.

    Vamos acompanhar.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial