Cooperação Espacial com a Rússia - Decepcionante

Olá leitor!

Durante a visita oficial da presidente DILMA ROUSSEF (visita essa que deve se encerrar amanhã 15/12) a Federação da Rússia, foram assinados cinco atos, onde um dos quais, o “Plano de Ação da Parceria Estratégica Entre a Republica Federativa do Brasil e a Federação da Rússia: Próximos Passos”, prevê atividades de cooperação na área espacial.

Abaixo, transcrevo para você o trecho do documento que trata dessa cooperação:

“IV. COOPERAÇÃO NA ÁREA ESPACIAL

Os dois Presidentes reafirmam o interesse em avançar na cooperação espacial bilateral, com o desenvolvimento de projetos inovadores que agreguem desenvolvimento tecnológico e reforcem o intercâmbio entre suas respectivas comunidades espaciais. Buscarão, nesse sentido, promover a realização de missões e pesquisas conjuntas em áreas de interesse recíproco. Estimularão, igualmente, suas agências governamentais e institutos de pesquisa a estudar a possível ampliação da participação brasileira no desenvolvimento e uso do sistema de navegação por satélites GLONASS, tal como estabelecido no Programa de Cooperação entre a Agência Espacial da Federação da Rússia (Roskosmos) e a Agência Espacial Brasileira (AEB), firmado em 15 de fevereiro de 2012.”

Pois é leitor, como eu temia e você mesmo pode notar, uma vez mais as discussões com os russos aparentemente não passaram de 'enchimento de linguiça', e o Brasil perde assim mais uma oportunidade de estabelecer uma parceria forte com esse país que muito teria a contribuir com o nosso programa espacial.

Diante disto, e da aparente ingenuidade de nossos órgãos militares e científicos que estabeleceram recentemente um perigoso acordo com a Boeing americana, sinceramente temo que as perspectivas do PEB, que já não eram boas, vão piorar ainda mais nos próximos anos. Estou triste e sem qualquer esperança de que algo venha mudar, e também temo que algo de muito grave possa acontecer nos próximos importantes lançamentos do PEB.

Duda Falcão


Fonte: Site Ministério das Relações Exteriores (MRE)

Comentários

  1. Esse governo atual é um desastre. Ela ainda aproveitou a visitinha para defender o Lula, que começou a ser apontado em jornais de todo o mundo como lider da quadrilha do mensalão (haja cara de pau). Pelas notícias que li, o Raupp não foi nessa última visita, mas foi o Mercadante (além do ministro da defesa, da industria, e relações exteriores), daí não me admira que tenhamos saído com tão pouco na área espacial.

    ResponderExcluir
  2. Não sou nenhum profeta, mas pra mim era óbvio que era uma visita do PT a um "país socialista". Foram lá para sair um pouco da fogueira e tratar do problema da carne, pois para eles o Brasil é e será sempre um fornecedor de comodities.

    Mas o mais desanimador, é ver que não há nenhuma mobilização de quem está dentro do sistema quanto a isso. Eles assistem passivamente, jogarem fora as suas carreiras de cientistas, engenheiros e técnicos e NÃO FAZEM NADA, nenhuma manifestação, nenhuma passeata, nenhuma greve geral...

    Então devem estar concordando com todo esse descalabro, afinal, "quem cala consente".

    Att.

    ResponderExcluir
  3. Igualzinha à visita do Lula em 18 de Outubro de 2005. Além daquele vôo ridiculo do astronauta que custou 15 milhoes dolares e não serviu para nada, só discutiram sobre carne e assinaram uma "declaração conjunta na área de defesa e espaço" que não deu em nada. Visitinha inutil. Gasto inutil de dinheiro publico.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Rússia Oferece ao Brasil Assistência no Desenvolvimento de Foguetes