Nova Descoberta da NASA Apontaria Indícios de Vida em Vênus

Olá leitor!

Segue abaixo uma notícia publicada hoje (17/06) no site do Sputnik News Brasil destacando que Nova descoberta da NASA apontaria indícios de vida em Vênus.

Duda Falcão

CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Nova Descoberta da NASA Apontaria Indícios de Vida em Vênus

Sputnik News Brasil
17/06/2019 – 05:48
Atualizado 17/06/2019 - 07:09

CC0 / Pixabay



Vênus poderia ter hospedado formas de vida no passado, indica nova descoberta da NASA, mostrando que o planeta já foi semelhante à Terra, afirma Brian Cox.

Por inúmeras vezes, Vênus foi referido como o "planeta irmão" da Terra, devido a tamanho, massa e composição semelhantes ao do nosso planeta. Entretanto, a pressão atmosférica do planeta é 92 vezes maior do que a da Terra, segundo o tabloide britânico Express.

Além disso, ele é o planeta mais quente do Sistema Solar, com uma temperatura média de 500 °C, embora Mercúrio esteja mais próximo do Sol.

"As temperaturas da superfície em Vênus são mais quentes do que as de Mercúrio", afirmou Brian Cox em uma nova série da BBC, adicionando que "em alguns milhões de anos após formação, a superfície de Vênus esfriou e o planeta se encontrava a uma distância certa do Sol jovem para que Vênus experimentasse uma vista familiar para nós na Terra".

"Os céus se abriram e grandes torrentes inundaram a superfície, rios de água correram e Vênus passou a ser um mundo oceânico", destacou o pesquisador, que ainda disse que "a atmosfera do planeta permitiu que ele fosse sustentado pelos oceanos como um cobertor, mantendo a temperatura da superfície graças ao efeito estufa".

"À medida que o Sol envelhece, a estrela queima cada vez mais e mais quente [...], isso significa que no passado, quando o Sol era mais jovem, o planeta era mais frio e isso tem um grande impacto nos planetas", ressaltou.

Ele também revelou que Vênus possuía todas as propriedades necessárias para abrigar vida, pois o planeta era frio e húmido.


Fonte: Site Sputniknews Brasil - http://br.sputniknews.com

Comentário: Notícia curiosa essa, pois mesmo que a NASA esteja apenas se referindo à possível descoberta de evidencias de vida que tenha existido no passado desse planeta, o mesmo site Sputnik News publicou em abril desse ano que um grupo de cientistas Russos (veja aqui), analisando imagens antigas da superfície de Vênus, estas captadas entre 1975 e 1982 pela sondas soviéticas Venera-9, Venera-10, Venera-13 e Venera-14, os russos identificaram o que parece ser objetos em movimento lento e com uma estrutura estável, tendo contornos que se assemelham a criaturas terrestres, como, por exemplo, lagartos e escorpiões, ou até mesmo a cogumelos. Pois é, parece inacreditável, né verdade leitor? Afinal pelo que sabemos as condições para vida na superfície venusiana são proibitivas, mas será que a arrogância humana não estaria aqui agindo uma vez mais? Enfim...

Comentários

  1. Estadunidenses e russos estão preparando uma missão conjunta a Vênus,parece promissora. https://mundo.sputniknews.com/entrevistas/201903191086156864-venera-d-mision-espacial-ruso-estadounidense/

    ResponderExcluir
  2. Acho improvável que tenha existido ou ainda exista vida em Vênus... O dia lá dura 116 dias terrestres, mesmo que anteriormente o planeta tenha tido "dias melhores" ainda durariam muito tempo pra permitir um ecossistema estável.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial