NanosatC-Br1 Completa 5 Anos e Incentiva Jovens ao CubeDesign

Caro leitor!

Segue abaixo uma nota postada ontem (21/06) no site oficial do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) destacando que o Nanosatélite NanosatC-Br1 completou 5 Anos no Espaço incentivando com isso aos jovens participarem do CubeDesign no instituto.

Duda Falcão

NOTÍCIA

NanosatC-Br1 Completa 5 Anos e Incentiva Jovens ao CubeDesign

Por INPE
Publicado: Jun 21, 2019

São José dos Campos-SP, 21 de junho de 2019

Lançada em 19 de junho de 2014, a primeira missão espacial brasileira baseada em cubesat mantém sua bem-sucedida operação em órbita, superando com folga a sua vida útil prevista. O cubesat NanosatC-Br1 traduz o pioneirismo do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), que investe continuamente na capacitação de recursos humanos e, desde o ano passado, promove a CubeDesign, primeira competição de nanossatélites do Brasil.

O projeto NanosatC-Br é coordenado pelo INPE em colaboração com universidades brasileiras e o apoio da Agência Espacial Brasileira (AEB). Desde o lançamento, há 5 anos, as informações do NanosatC-Br1 são rastreadas e coletadas por uma extensa rede de radioamadores no Brasil e no exterior. Na data do quinto aniversário, os dados (imagens abaixo) foram recebidos na Alemanha por Rainer Rothe e Mike Rupprecht, e retransmitidos a Paulo Leite em Boa Vista (RR), todos radioamadores que colaboram com o projeto desde o início.

Mais informações: www.inpe.br/crs/nanosat

CubeDesign

Para incentivar e identificar novos talentos em engenharia espacial, o INPE realizará o 2° CubeDesign, uma competição voltada à inovação e mobilização dos jovens para a ciência e tecnologia. Será de 24 a 27 de julho, em São José dos Campos (SP), com categorias de acordo com o estágio dos participantes, que podem ser alunos do ensino médio e fundamental, universitários e mesmo jovens profissionais de instituições e empresas brasileiras.

Na categoria "CubeSat", as equipes poderão simular as condições de lançamento e funcionamento operacional do satélite, com foco em cargas úteis, estrutura, supervisão de bordo, suprimento de energia e comunicações.




Fonte: Site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)

Comentário: Pois é leitor, não há como negar o sucesso não só do NanosatC-Br1, bem como do Programa NanosatC-BR como um todo, programa este coordenado pelo Dr. Nelson Schuch no INPE de Santa Maria-RS, e pelo Dr. Otávio Cupertino Durão no INPE-SJC. Vale dizer também que o NanosatC-Br-1 é o mais bem sucedido e longiniano nanosatélite já desenvolvido no Brasil e que ainda está operacional em órbita. Assim é muito natural que qualquer evento que fosse criado para estimular esta área baseado no seu sucesso, seria bem sucedido, por isso que é necessário termos profissionais competentes, com comprometimento, visão e atitude e obviamente preocupados com a educação. Parabéns ao INPE  (SM/SJC) pelo Programa NanosatC-BR e pela segunda edição do evento CubeDesign. Entretanto acredito que todos ainda aguardam com ansiedade notícias tanto sobre o lançamento do NanosatC-Br2, quanto pela continuidade ou não do Programa NanosatC-BR.

Comentários

  1. Pô, sacanagem, mas o Facebook, não deixa compartilhar nada referente a este blog. Nem copiando ou colando o link, dizem que esta página foi denunciada :

    "Sua mensagem não pode ser enviada pois ela tem conteúdo que outras pessoas no Facebook denunciaram como abusivo."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ricardo!

      É verdade, a página eu desativei a tempos depois de denúncia de um irresponsável. Porém resolvi assim mesmo não brigar por isso junto ao Facebook, pois a existência de duas paginas estava muito cansativa. Sendo assim deixei pra la, valeu?

      Abs

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial