Ciência na Escola - Ciência é 10 - Olimpíada Nacional de Ciências

Olá leitor!

Segue a nota oficial postada dia (11/04) no site do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC) destacando o interessante ‘Programa Ciência na Escola’, o 'Projeto Ciência 10' e a 'Olimpíada Nacional de Ciências (ONC)' que serão lançados agora em Abril pelo ministério.

Duda Falcão

NOTÍCIAS

Ciência na Escola - Ciência é 10 -
Olimpíada Nacional de Ciências

Conheça mais sobre o Programa Ciência na Escola, que engloba ações
conjuntas para o aprimoramento do ensino de Ciência na educação básica

Por ASCOM
Brasília – Redação CCS/CAPES
Publicado 11/04/2019 - 15h13
Última modificação 12/04/2019 - 09h03

O programa Ciência na Escola será lançado neste mês de abril.

Programa Ciência na Escola

O Programa Ciência na Escola (PCE) envolve um compromisso pelo aprimoramento do ensino de ciências na educação por parte do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Ministério da Educação (MEC), Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). O Programa será gerenciado, monitorado e avaliado, com resultados disponibilizados em Portal construído pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP).
São objetivos do PCE:

1. Aprimorar o ensino de ciências nas escolas de educação básica;

2. Promover o ensino por investigação voltado à solução de problemas;

3. Intensificar a qualificação de professores da educação básica para o ensino de ciências;

4. Estimular o interesse dos alunos da educação básica pelas carreiras científicas;

5. Identificar jovens talentos para as ciências;

6. Fomentar a implementação de soluções inovadoras que contribuam para aprimorar o ensino e o aprendizado de ciências;

7. Incentivar o uso de novas tecnologias educacionais e novos métodos de ensino de ciências;

8. Fortalecer a interação entre escolas de educação básica, instituições de ensino superior, espaços de ciência e outras instituições de ciência, tecnologia e inovação;

9. Democratizar o conhecimento e popularizar a ciência.

O Programa iniciará suas atividades em abril de 2019 com quatro ações simultâneas:

Ações do Programa Ciência na Escola


Chamada Pública para Instituições - Seleção de Redes para o Aprimoramento do Ensino de Ciências na Educação Básica;

a. O MEC e o MCTIC conduzirão o processo de seleção das propostas

b. Os projetos selecionados executarão suas atividades no período de 2019 a 2022

Chamada Pública para Pesquisadores - Seleção de Projetos para o Aprimoramento do Ensino de Ciências na Educação Básica;

a. O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) selecionará as propostas

b. Os pesquisadores selecionados executarão suas atividades no período de 2019 a 2021

Olimpíada Nacional de Ciências – 2019

a. A Universidade Federal do Piauí (UFPI) coordenará a realização da Olimpíada na sua edição 2019

b. Estima-se que 1 milhão de alunos participem na ONC - 2019 (número 5 vezes maior que em 2018)

Especialização à distância em Ensino de Ciências - “Ciência é Dez!”

a. O curso será coordenado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes)

b. A realização do curso ocorrerá por meio de Plataforma de Ensino a Distância

Outras ações consideradas relevantes poderão ser incorporadas ao PCE a critério do Comitê Gestor do Programa.

Projeto Ciência é 10, parte do Programa Ciência na Escola


O Ciência é 10! é uma iniciativa da CAPES que integra o programa Ciência na Escola, do MEC, MCTIC e CNPq. Trata-se de um curso de especialização para professores graduados que estão atuando no sistema público de ensino e dando aulas de ciências nos anos finais do Ensino Fundamental, ou seja, do 6º ao 9º ano. É realizado na modalidade ensino a distância (EAD), com garantia da CAPES e certificação do MEC, junto com as Instituições Públicas de Ensino parceiras.
O Ciência é 10! é um dos diversos cursos da Universidade Aberta do Brasil (UAB), um sistema gerido pela CAPES para integrar e articular as universidades públicas com os governos municipais, estaduais e federal, a fim de facilitar o acesso dos professores do Ensino Básico de todo o País a uma formação continuada e de qualidade.

Garantir que o ensino das ciências nas escolas seja enriquecedor, criativo, participativo e constantemente atualizado. Esse objetivo passa, é claro, pela formação continuada dos professores da rede pública de educação básica. Foi para isso que surgiu o Ciência é 10!, um curso de especialização promovido pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) por meio de seu sistema de educação a distância, a Universidade Aberta do Brasil (UAB).

O Ciência é 10! faz parte do Programa Ciência na Escola, uma iniciativa que envolve os Ministérios da Educação (MEC), da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e o Conselho Nacional de Pesquisa (CNPq).

A iniciativa reúne diversas instituições públicas de ensino superior, secretarias municipais e estaduais de educação, escolas, professores e toda a comunidade escolar.

Saiba mais sobre o Ciência é 10! clicando aqui.

Olimpíada Nacional de Ciências (ONC) 2019


A Olimpíada Nacional de Ciências (ONC) é uma promoção do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC) através do programa institucional "CIÊNCIA NA ESCOLA" e constitui um programa da Sociedade Brasileira de Física (SBF),  Associação Brasileira de Química (ABQ), Instituto Butantã e Sociedade Astronômica Brasileira (SAB), responsáveis por sua execução, com os seguintes objetivos:

(a) despertar e estimular o interesse pelo estudo das ciências;

(b) aproximar as instituições de ensino superior, os institutos de pesquisa e sociedades científicas das instituições do ensino médio e do ensino fundamental;

(c) identificar estudantes talentosos e incentivar seu ingresso nas áreas científicas e tecnológicas;

(d) proporcionar desafios aos estudantes visando o aprimoramento de suas formações.

A ONC integra o Programa Ciência na Escola e é uma realização de quatro Sociedades Científicas: a SBF (Sociedade Brasileira de Física) a ABQ (Associação Brasileira de Química) o INSTITUTO BUTANTAN e a SOCIEDADE ASTRONÔMICA BRASILEIRA ; ela resulta de um convite do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) às Sociedades e se destina a estudantes do Ensino Médio e do último ano (9º ano) do Ensino Fundamental.

Saiba mais sobre a Olimpíada Nacional de Ciências clicando aqui.


Fonte: Site do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC)

Comentário: Fantástico, parabéns ao Ministro-Astronauta Marcos Pontes, e assim ele cumpre uma promessa de campanha sendo inclusive coerente com sua trajetória profissional.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Operação CRUZEIRO: Primeiro Ensaio em Voo de um Motor Aeronáutico Hipersônico Brasileiro

Janeiro de 2015 Registra Recorde de Focos de Queimadas Detectados Por Satélite