MCTIC Divulga Encontro Enigmático Entre o Ministro e CEO de Startup Espacial Brasileira

Olá leitor!

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC)  postou no dia de ontem (20/08) em sua página oficial no Facebook uma nota bastante curiosa, enigmática e eu diria até esperançosa. Veja abaixo:

EQUIPAMENTOS ESPACIAIS - Enquanto aguarda a aprovação do AST (Acordo de Salvaguardas Tecnológicas) o Ministério se atualiza à respeito das possibilidades em tecnologias espaciais. 

O ministro do MCTIC, Astronauta Marcos Pontes, acompanha de perto a situação do acordo, e ressalta que a soberania do Brasil está assegurada.

Acesse o portal do MCTIC e saiba mais sobre o AST.

Pois então leitor, a nota não diz muito, né verdade??? Porém a mesma é acompanhada pelas duas fotos abaixo onde aparecem o Ministro Marcos Pontes e uma outra pessoa muito conhecida, ou seja, o CEO da startup espacial brasileira, 'Acrux Aerospace Technologies', ou seja o Eng. Oswaldo Loureda, nada mais, nada menos do que um dos maiores especialistas brasileiros na área de foguetes desta nova geração formada nos últimos dez anos.


Assim sendo leitor, é bom ficar atento ao que aparece nessas fotos (note o que está sobre a mesa), pois como diz o ditado, onde há fumaça, há fogo, e a nossa torcida agora é para que ocorra um grande incêndio nas estruturas viciadas do nosso "Patinho Feio". Ou muda definitivamente, ou não iremos pra lugar nenhum.

Duda Falcão 

Comentários

  1. Duda, endosso 100% suas palavras. O Brasil só será, de fato, um respeitado player na área espacial no dia em que o Governo e o Congresso Nacional tiverem coragem para implodir a estrutura carcomida que está aí e recomeçar, sem uma Agência Espacial em Brasília e colocando aquela turma de São José dos Campos no pique para alçar altos voos interestelares. Ou, pelo menos, à Lua, na próxima década.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Bernardino, ou derruba essa máquina viciada e ineficiente, ou não vamos pra lugar nenhum. Precisamos de empresas realmente comprometidas e motivadas como o programa e em apresentar resultados, e não essas empresas que enrolam, enrolam, come dinheiro e no fim quase sempre não entregam nada. Chega.

      Abs

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial