O Mistério da Direção Irrita Comunidade Inpeana

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota publicada dia (12/01) no informativo “Rapidinha do SindCT” e postado no site do “Sindicato dos Servidores Públicos Federais na Área de C&T (SindCT)destacando a irritação da “Comunidade Inpeana” causada pelo mistério até o momento sobre o nome do novo diretor do INPE.

Duda Falcão

O Mistério da Direção Irrita
Comunidade Inpeana

12/01/2012

Apesar do Comitê de Busca já ter entregue a lista tríplice ao ministro Mercadante em dezembro, a comunidade dos servidores do INPE está acéfala uma vez que, o diretor atual é demissionário e deve deixar o país em breve.

Isto sugere um enorme descaso para com a instituição e seus servidores pois:

1- a lista tríplice é uma lista secreta, ou seja, não é divulgada a ninguém, exceto ao ministro. Mas o ministro poderia ter sido transparente divulgado-a, como era o mínimo esperado dele. Mercadante faz o mesmo que os seus predecessores: ignora a comunidade e mantém a opacidade.


2- a demora no anuncio do novo diretor é um indicio de que não foi fechado ainda um acordo entre os que teriam influencia nesta escolha ( a nosso ver, Marco Antônio Raupp - presidente da Agencia Espacial Brasileira - AEB, Carlos Nobre - secretário da Secretaria de Política e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento - SPED do MCTI, além do próprio ministro e eventualmente outros que não estamos correlacionando (talvez o deputado federal Carlinhos de Almeida seja ouvido nesta escolha)). Ora, a nossa instituição merece um mínimo de respeito e, já que não pode interferir em nada nesta escolha, que ao menos seja comunicada em tempo de se evitar a acefalia institucional.

3- os malefícios desta situação só seriam piores do que os de uma má escolha para o próximo diretor: atingem desde os servidores sérios que não tem como encaminhar suas demandas a luz de fatos, oportunidades ou riscos novos, que inevitavelmente surgem numa área dinâmica como de pesquisa e tecnologia; até os arrivistas que não sabem a quem lisonjear e vassalar. Mesmo que não estejamos certos por completo, cabe ao ministro Mercadante uma imediata solução para esta situação, ou seja, que indique o nome do diretor do INPE. Esperamos que faça uma escolha decente pois, caso contrário, a sua marca nos molestará até muito depois da sua saída do ministério.

Com a palavra o ministro Mercadante.


Fonte: Site do Sindicato dos Servidores Públicos Federais na Área de C&T (SindCT) 

Comentário: Pois é leitor, como você mesmo pode notar a imagem do ministro Aloizio Mercadante não é das melhores junto ao sindicato, coisa que não poderia ser diferente, já que sua gestão até agora foi um desastre (como, aliás, havíamos previsto que seria), sendo talvez a pior de toda história do MCTI. Ops, perdoe-me leitor, na realidade a segunda pior da história, já que a gestão do Roberto Amaral é imbatível. A charge acima é uma clara demonstração disso, ou seja, “A MARCA DO MENESTREL”.  Caso a sua saída do MCTI realmente se concretize, já terá saído tarde e não deixará saudade, mas deixará um legado desastroso para o PEB chamado ACS, que ainda por muitos anos continuará sendo uma pedra no sapato para o desenvolvimento das atividades espaciais brasileiras, além de um rombo no erário pública que ficará para história.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Da Sala de Aula para o Espaço

Janeiro de 2015 Registra Recorde de Focos de Queimadas Detectados Por Satélite