Brasil e Japão Discutem Cooperação Espacial

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje (31/01) no site da “Agência Espacial Brasileira (AEB)”, destacando que a AEB e a Embaixada Japonesa no Brasil realizarão amanhã (01/02) um “Seminário Sobre a Cooperação Espacial Brasil-Japão” em Brasília.

Duda Falcão

Notícias

Brasil e Japão Discutem Cooperação Espacial

Agência Espacial Brasileira
31/01/2012

A Agência Espacial Brasileira (AEB) e a Embaixada do Japão, em Brasília, realizarão, amanhã, a partir das 9h30, o Seminário sobre a Cooperação Espacial Brasil-Japão, que terá como ponto principal a conferência do Diretor-Executivo da Agência de Exploração Espacial do Japão (JAXA), Hideshi Kozawa. Ele abordará os seguintes temas:

1) Programa Espacial do Japão e os mais recentes exemplos de como proteger o meio ambiente e reduzir o impacto dos desastres naturais por meio do uso de satélites de observação da Terra e de satélites de comunicação;

2) A cooperação internacional do Japão e as aplicações industriais dos conhecimentos e tecnologias espaciais;

3) As possibilidades de cooperação espacial Brasil-Japão com parcerias entre os setores público e privado dos dois países, bem como de cooperação com países sul-americanos no uso dos conhecimentos espaciais;

O papel das joint ventures e a colaboração entre instituições de pesquisa científica e tecnológica também fará parte dos assuntos tratados. Após a exposição de Kozawa, os participantes do seminário poderão fazer comentários, formular questões, esclarecer dúvidas, apresentar propostas e debater os temas da conferência.

O objetivo é fomentar amplo intercâmbio de idéias que resultem em possíveis projetos concretos em áreas espaciais de interesse dos dois países.


Fonte: Site da Agência Espacial Brasileira (AEB)

Comentários

  1. Como seria bom ver um H-IIA ou um H-IIB sendo lançado aqui no Brasil, com uma parceria bem feita entre o Brasil e o Japão, não como a ACS, lançando um foguete pouco interessante como o Cyclone. Alias, se o Brasil tivesse interesse mesmo, seria incrivel ver o grandioso foguete russo Proton sendo lançado de nossa terrinha, ou então o Soyuz ou o Zenit. Se esses acordos se realizassem com uma parceria bem feita e transferencia de tecnologia, seria um grande salto para a ciencia brasileira.
    Mas esse é apenas um sonho, não a realidade de um pais governado por quem é governado. Uma pena...
    Abraço!!
    Heverton Freitas

    ResponderExcluir
  2. Olá Heverton!

    Não resta dúvida disso amigo. Entretanto no Brasil os interesses são outros e o que menos interessa são os interesses do povo e da nação brasileira.

    Abs

    Duda Falcão
    (Blog Brazilian Space)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Da Sala de Aula para o Espaço

O CLA e Sua Agenda de Lançamentos Até 2022