IAE Realizou o "X Encontro de Iniciação Científica (X ENIC)"

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje (08/08) no site do Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE), destacando que o instituto realizou o “X Encontro de Iniciação Científica (X ENIC)”.

Duda Falcão

IAE Realiza o X Encontro de
Iniciação Científica - X ENIC

Publicada em 08/08/2014 - 10:27
Atualizada em 08/08/2014 - 10:53


O Instituto de Aeronáutica e Espaço realizou o X Encontro de Iniciação Científica do IAE- X ENIC, que é um evento que ocorre anualmente ao fim da Vigência das bolsas de iniciação científica do Conselho de Desenvolvimento Científico e Tecnológico CNPq - programa PIBIC/CNPq/IAE.

A Iniciação Científica é um instrumento que permite introduzir os estudantes na pesquisa científica e têm papel fundamental na formação e estabelecimento de competências aos discentes e futuros profissionais.

No âmbito do IAE, o Programa Institucional de Iniciação Científica – PIBIC iniciou-se em 2004 com uma cota de 10 bolsas. Atualmente o instituto conta com a contribuição de 49 bolsistas atuando em diversas áreas, como Materiais, Química, Meteorologia, Aerodinâmica, Sistemas Aeronáuticos, Eletrônica, dentre outras.

A cerimônia de abertura do X Encontro de Iniciação Científica do IAE foi presidida pelo Diretor do IAE, Brigadeiro Magalhães , que em suas palavras ressaltou a importância do programa para o Instituto.

Estiveram presentes no evento os subdiretores e chefes de divisão e coordenadorias do IAE, além dos membros do Comitê Interno e Externo, orientadores e bolsistas do Programa de Iniciação Científica do IAE -PIBIC.

A palestra de abertura foi realizada pela Coordenadora do PIBIC, Doutora Maria Luisa Collucci da Costa Reis, que apresentou o Programa PIBIC/IAE, seguida de palestra do Tecnologista Danton José Fortes Villas Boas, intitulada "Foguetes de Sondagem e o Veículo Lançador de Satélites - VLS-1"

Também na cerimônia a Doutora Maria Luisa Collucci da Costa Reis prestou uma homenagem em nome do IAE a aluna Raissa Monteiro Pereira pela indicação do Trabalho “Avaliação Microestrutural de Ligas de Titânio obtidas por Processos de Fusão e Metalurgia do Pó”, ao Prêmio Destaque De Iniciação Científica no Período 2013-2014.

Fotos do evento:



Fonte: Site do Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE)

Comentários

  1. Duda,

    Olha uma reportagem que saiu na folha: http://www1.folha.uol.com.br/ilustrissima/2014/08/1497636-por-que-a-setima-economia-do-mundo-ainda-e-retardataria-na-corrida-espacial.shtml

    Abs

    ResponderExcluir
  2. Realmente, esse é um dos melhores artigos da chamada "imprensa especializada", que já li sobre o nosso PEB, que atualmente está na UTI em coma induzida.

    Por que a sétima economia do mundo ainda é retardatária na corrida espacial

    O artigo tece comparações pertinentes com o programa espacial da Índia, um país que em vários aspectos sociais está muito pior que o Brasil, mas em relação ao programa espacial está anos luz à frente.

    E o pior é saber que são poucas as chances de mudança, pois os que estão dentro do nosso programa, tanto civis quanto militares, parecem estar bastante satisfeitos com esse engodo, que continua jogando os poucos recursos oriundos dos nossos impostos na vala comum da malversação de verbas.

    Muito triste, mas a pura realidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Marcos!

      O artigo já está no Blog.

      Abs

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial