Agência Espacial Brasileira Abre 66 Vagas Com Salário de Até R$ 6,3 mil

Olá leitor!

Segue abaixo uma pequena notícia postada hoje (14/08) no blog “Mural dos Concursos” do site do jornal “O Estado de São Paulo”, informando que a Agência Espacial Brasileira (AEB) abrirá 66 Vagas com salário de até R$ 6,3 mil.

Duda Falcão

Agência Espacial Brasileira Abre 66 Vagas
Com Salário de Até R$ 6,3 mil

As inscrições começam em 22 de agosto e vão até 10 de setembro;
edital completo sai a partir do dia 15 deste mês

HUGO PASSARELLI
Quinta-Feira, 14/08/14

Centro de Lançamentos da Barreira do Inferno, em Natal.

A Agência Espacial Brasileira (AEB) abriu nesta quinta-feira, 14, concurso com 12 vagas em cargos de nível médio e 54 em ensino superior. Os salários variam entre R$ 3,6 mil e R$ 6,3 mil.

Para quem tem  diploma de ensino médio, os 12 postos são para assistente em ciência e tecnologia, com remuneração de R$ 3.607,47. O requisito básico é ter experiência comprovada de ao menos 12 anos na execução de tarefas inerentes à classe.

Nas áreas de ensino superior, é preciso ter diploma em algum segmento da engenharia, ciências exatas, humanas ou da terra. Além disso, com exceção das carreiras de tecnologista júnior (3 vagas) e analista em ciência e tecnologia júnior (5 vagas), também é necessário ter título de doutor e experiência anterior na área (veja mais no edital). Esta condição vale para as carreiras de tecnologista pleno (21 vagas), gestão de política espacial (1 vaga) e analista em ciência e tecnologia pleno (24 vagas).

As inscrições começam em 22 de agosto e vão até 10 de setembro, no site da organizadora, a Cetro Concursos. O edital completo, com as demais informações, incluindo a data provável de aplicação da prova, será divulgado a partir do dia 15 de agosto.


Fonte: Blog “Mural dos Concursos“ – http://blogs.estadao.com.br/mural-dos-concursos/

Comentário: Aproveitamos para agradecer ao leitor anônimo que nos enviou esta notícia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial