Essas São as Primeiras Cargas Científicas Que a NASA Levará à Lua Nesta Década

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada dia (31/01) no site “Canaltech” tendo como destaque as primeiras cargas científicas que a NASA levará à Lua nesta década.

Duda Falcão

HOME - CIÊNCIA – ESPAÇO

Essas São as Primeiras Cargas Científicas Que a NASA Levará à Lua Nesta Década 

Por Daniele Cavalcante
Canaltech
Fonte: NASA, Space.com
31 de Janeiro de 2020 às 18h00

O setor de voos espaciais comerciais está prosperando e tem sido um dos responsáveis por boa parte da inovação e de novas tecnologias no setor. As agências espaciais e os órgãos reguladores sabem disso e não pretendem atrapalhar - ao menos essa foi a mensagem transmitira durante a 23ª Conferência Anual de Transporte Espacial Comercial, que aconteceu nesta semana em Washington.

Para o deputado Garret Graves, do Subcomitê de Aviação da Câmara dos EUA, é preciso "ter muito cuidado ao impedir a inovação". A própria NASA se beneficia com o avanço das empresas privadas - exemplo disso são os 16 experimentos científicos e demonstrações de tecnologias da agência espacial que serão lançados à Lua dentro de espaçonaves construídas pelas companhias privadas Astrobotic e Intuitive Machines LLC.

De acordo com o comunicado da NASA, os dois módulos de pouso estão programados para viajar em julho de 2021, transportando as primeiras cargas científicas à Lua sob o Programa Artemis. O módulo da Astrobotic se chama Peregrine e será lançado no foguete Vulcan Centaur da United Launch Alliance, levando consigo instrumentos para estudar vários aspectos do ambiente lunar.

(Imagem: Astrobotic)
Conceito do módulo de pouso lunar da Astrobotic após a alunissagem.

Este trabalho ajudará a NASA em seus planos de enviar astronautas e estabelecer uma presença humana sustentável no nosso satélite natural. Os instrumentos estudarão a química dos materiais no regolito lunar que os astronautas poderão usar, o ambiente de radiação (que é talvez o maior obstáculo à sobrevivência humana na lua), e a química da exosfera da Lua.

Já o módulo da Intuitive Machines será lançado pelo foguete Falcon 9 da Space X para realizar experimentos que testarão a navegação autônoma na órbita e na superfície lunar. Além disso, realizará experimentos de comunicação e terá uma câmera para monitorar o pouso da sonda.

Ambos os módulos de pouso contarão com instrumentos para auxiliar a navegação e ajudar os cientistas na Terra a localizar a espaçonave após a alunissagem. Os voos fazem parte da iniciativa Commercial Lunar Payload Services (CLPS) da NASA, que conta com 14 empresas contratadas para oferecer ferramentas científicas e demonstrações de tecnologia na superfície lunar.


Fonte: Site Canaltech -  https://canaltech.com.br 

Comentário: “É preciso ter muito cuidado ao impedir a inovação". Olha aí galera do atraso (se é que vocês estão mesmo interessados nesta questão) o que disse um companheiro de vocês do Congresso Americano lá nos EUA durante esta Conferência Anual de Transporte Espacial Comercial. Pois então, não precisa inventar nada, é só não atrapalhar fazendo apenas o que cabe a vocês, ou seja, legislar ouvindo as orientações daqueles que são os verdadeiros inovadores.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Janeiro de 2015 Registra Recorde de Focos de Queimadas Detectados Por Satélite

Da Sala de Aula para o Espaço