Rota de Colisão Com Terra: Quarteto de Asteroides Que Podem Atingir Planeta Azul

Olá leitor!

Segue abaixo uma notícia publicada dia (01/07) no site do Sputnik News Brasil, destacando o quarteto de asteroides que podem atingir a Terra.

Duda Falcão

CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Rota de Colisão Com Terra: Quarteto de Asteroides Que Podem Atingir Planeta Azul

Sputnik News Brasil
01/07/2019 – 06:04
Atualizado 01/07/2019 – 06:17

CC0 / RafaelMousob/Pixabay

Como a possibilidade de um asteroide esmagar uma área da Terra não é levada muito a sério, a ONU criou uma data para conscientizar sobre a ocorrência potencialmente catastrófica.

Como parte do Dia Internacional do Asteroide, celebrado todo dia 30 de junho, foi criada uma lista apresentando as quatro rochas espaciais com maior probabilidade de colidir com o nosso planeta.

1979 XB

Movendo-se no espaço a quase 70 mil km/h através do Sistema Solar e se aproximando da Terra a quase 30 km/s, o impacto dessa rocha espacial com 900 metros de diâmetro seria devastador para o nosso planeta.

© FOTO : AGÊNCIA ESPACIAL EUROPEIA
Asteroide aproxima-se da Terra.

A Agência Espacial Europeia (ESA) colocou o 1979 XB em segundo lugar na sua "Lista de Perigos" de objetos próximos ao nosso planeta. Especialistas alertam que esse asteroide poderia de repente se aproximar muito mais da Terra, dada uma pequena variação em sua órbita.

A próxima aproximação ao nosso planeta está prevista para 2024.

2010 RF12

Este asteroide, de 500 toneladas e com cerca de sete metros de diâmetro, está na lista da ESA e da Sentry (sistema automático de monitorização do impacto de asteroides contra a Terra).

O corpo rochoso está atualmente a cerca de 215 milhões de km do nosso planeta e viaja a uma velocidade de mais de 117mil km/h.

Estima-se que este asteroide não representa perigo até o fim do século, quando se aproximará a uma distância 40 vezes mais próxima do que a da Lua. Espera-se que o impacto seja ligeiramente inferior ao do meteoro que atingiu a cidade russa de Chelyabinsk em 2013, danificando milhares de edifícios e ferindo centenas de pessoas.

Apophis

Com aproximadamente o tamanho de quatro campos de futebol, esta rocha espacial está em uma órbita muito perto da Terra – atualmente a mais de 200 milhões km de distância, aproximando-se a 0,5 km/s.

© FOTO : NASA
Asteroide Apophis.

Regularmente este corpo rochoso passa perto da órbita do Planeta Azul. Dados recentes mostraram que o ponto máximo de aproximação, a uma distância de 31 mil km de nós, ocorrerá no dia 13 de abril de 2029. Essa distância é 10 vezes menor do que a que separa a Terra da Lua.

2000 SG344

Essa rocha espacial pertence ao chamado grupo dos asteroides Aton, que alinharam órbitas muito próximas às da Terra.

Está previsto que o 2000 SG344 possa impactar com a Terra nas próximas três ou quatro décadas. Apesar do tamanho relativamente pequeno de 50 metros de diâmetro, ainda assim o corpo rochoso tem o dobro do tamanho do meteoro de Chelyabinsk.

Atualmente viaja pelo espaço a mais de 112 mil km/h e se aproxima da Terra a 1,3 km/s. Curiosamente, viaja em torno do Sol mais ou menos, ao mesmo tempo, do que a Terra: 353 dias, em comparação com 365 dias no nosso planeta. Isso dá aos astrônomos oportunidades regulares para observar o asteroide e avaliar o risco que ele representa.


Fonte: Site Sputniknews Brasil - http://br.sputniknews.com/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Da Sala de Aula para o Espaço

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial