FAB e Avibras Assinaram Memorando de Cooperação Estratégica

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje (21/07) no site da Força Aérea Brasileira (FAB) destacando que a FAB e a Avibras assinaram um Memorando de Cooperação Estratégica.

Duda Falcão

CIÊNCIA E TECNOLOGIA

FAB e Avibras Assinam Memorando de Cooperação Estratégica

Iniciativa busca o desenvolvimento e a execução conjunta de ações, programas e projetos tecnológicos, bem como incrementar atividades de pesquisa

Por Tenente Jonathan Jayme
Edição: Agência Força Aérea
Revisão:  Capitão Monteiro
Fonte: DCTA
Por Capitão R1 Vladmir
Publicado: 21/07/2019 - 07:00

Fotos: Avibras

O Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) e a Avibras Indústria Aeroespacial, localizados em São José dos Campos (SP), assinaram, na quinta-feira (11), um Memorando de Entendimento com o objetivo de buscar maior cooperação estratégica para o desenvolvimento e a execução conjunta de ações, programas e projetos tecnológicos, bem como incrementar atividades de pesquisa e prospecção científico-tecnológica, observando boas práticas de sustentabilidade, respeito ao meio ambiente e busca pelo desenvolvimento de tecnologias de impacto positivo no alcance das metas estabelecidas pelo país.

O Diretor-Geral do DCTA, Tenente-Brigadeiro do Ar Luiz Fernando de Aguiar, explica que o memorando traz a oportunidade de maior aproximação entre as instituições no desenvolvimento de produtos de defesa e até mesmo de uso dual - tecnologias que podem ser utilizadas para fins civis e militares. "Além de possibilitar maior operacionalização dos laboratórios existentes no Departamento, reduzindo, assim, custos de investimento em programas de interesse conjunto", completa.


“Com uma maior sinergia entre as Instituições Científicas Tecnológicas do DCTA e a Avibras, será possível a identificação e o desenvolvimento de tecnologias de interesse do Brasil, potencializando a geração de aplicações industriais inovadoras e até disruptivas”, enfatizou o Diretor-Presidente da Avibras, João Brasil Carvalho Leite.

Indústria

A Avibras é uma empresa de engenharia detentora de conhecimento no desenvolvimento de tecnologia e soluções para as áreas de Defesa e Civil. No setor aeroespacial é uma das pioneiras no Brasil em construção de aeronaves, desenvolvimento e fabricação de veículos espaciais para fins civis e militares. Entre os projetos desenvolvidos para a Força Aérea Brasileira (FAB), atualmente, estão o míssil A-Darter e o motor S-50, parte do programa Veículo Lançador de Microssatélite (VLM).


Fonte: Site da Força Aérea Brasileira (FAB) - http://www.fab.mil.br

Comentário: Bom leitor, vamos ficar na torcida para que essa iniciativa realmente venha trazer benefícios ao setor de Defesa e Espacial do país. Para tanto, os projetos conjuntos que resultem desta parceria precisam ser confiáveis e comercialmente competitivos. Vamos aguardar.

Comentários

  1. Há um projeto óbvio nesta parceria do filho pródigo que a casa retorna (Avibrás iniciou com dono, engenheiros do ITA, participando dos projetos SONDA da FAB) e a partir de um certo momento houve uma ruptura na relação (ou a FAB ia abandonar a Avibrás por não mais dela precisar ou a Avibrás aproveitou a expertise adquirida e passou a fornecer foguetes ao Exército até chegar ao Astros e afastou-se da FAB ou ambos...

    O Fato é que nem FAB e nem a MB tem bom relacionamento com a Avibrás.

    Na MB é um crume que o projeto das novas covetas não conte com um lançador Astros navalizado no projeto.

    Com a FAB o ÓBVIO será baseado na plataforma Astros dotá-la de mísseis anti-aéreos da FAB adaptados para a função Terra-Ar dotando-os de um estágio booster.
    Assim usar o Piranha e o A-Darter (E quem sabe licenciar para produção no Brasil de outros produtos do parceiro sul-africano Denel tais o Umkonto, Umkonto-IR e Raptor II para transformar o Astros (junto com uma diretora radar da BRADAR-EmbraerDefesa) numa versão Brasileira similar aos famosos sistamas S-300/S-400 Russos...

    É a única coisa que me ocorre desta inesperada parceria...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Da Sala de Aula para o Espaço

O CLA e Sua Agenda de Lançamentos Até 2022