INPE Dá Curso Sobre Tecnologia Espacial

Olá leitor!

Segue abaixo uma matéria postada hoje (20/07) no site do jornal “O VALE”, destacando que como já havíamos anunciado anteriormente alunos de varias universidades brasileiras estão participando de Curso Sobre Tecnologia Espacial no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

Duda Falcão

NOSSA REGIÃO

INPE Dá Curso Sobre Tecnologia Espacial

Alunos de várias universidades brasileiras participam da atividade

Gustavo Almada
São José dos Campos
20 de Julho de 2012 - 02:32

Foto: Arquivo/ O Vale
O INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) de São José dos Campos realiza até o próximo dia 26 de julho o curso de inverno “Introdução às Tecnologias Espaciais”, com a participação de alunos de diversas universidades brasileiras.

A atividade começou no último dia 10 e envolve todas as fases de desenvolvimento de um satélite, desde a concepção do projeto até sua operação em órbita.

Entre os participantes, estão estudantes da UFABC, UFMG, UFSC, UnB, Unicamp, Unifesp, Univap, USP, entre outras instituições brasileiras, e alunos do próprio INPE –terceirizados, bolsistas e pós-graduandos.

Eles assistem a palestras e fazem um breve estágio técnico com os especialistas do instituto.

Segundo Wilson Yamaguti, engenheiro do INPE e um dos responsáveis pelo curso de inverno, o site do instituto recebeu 125 inscrições de estudantes universitários vindos de fora.

“A demanda é grande. Inclusive nos pedem a criação de um curso de verão, mas isso está fora de cogitação agora pela falta de tempo e espaço para locação”, disse.

As palestras vão até hoje, com visitas aos laboratórios ocorrendo em paralelo. Na próxima semana, a última de curso, acontece um estágio técnico com os especialistas do INPE. Os graduandos vêm principalmente da área de exatas, como engenharia elétrica, física, matemática e química. “Demos preferência a quem tem melhor histórico escolar”, explicou Yamaguti. 

Especialização - Oferecido de forma gratuita, o curso de inverno é realizado anualmente pela Coordenação de Engenharia e Tecnologia Espacial do INPE. Um dos objetivos é despertar nos alunos vocações e o interesse pelas oportunidades de mestrado, doutorado oferecidas pelo Instituto. Também são vários os cursos de pós-graduação: astrofísica, engenharia e tecnologia espaciais, geofísica espacial, computação aplicada, meteorologia, sensoriamento remoto e ciência do sistema terrestre.


A especialização e o prosseguimento na área de tecnologia espacial é ponto comum entre os participantes do evento. “Vou concorrer a uma bolsa e tentar fazer pós-graduação, quero me tornar um pesquisador”, disse Quenaz da Cruz Eller, 31 anos, morador de Jacareí, que frequenta o penúltimo ano de engenharia da computação na Unip (Universidade Paulista).

O Curso Todo Conta com 37 Palestras

São José dos Campos - A programação de 2012 do curso de inverno do INPE foi reestruturada de forma a cobrir praticamente todos os itens relacionados aos sistemas e tecnologias espaciais.

O cronograma de atividades é composto por 37 palestras e 4 visitas ao Miniob-servatório Astronômico, Centro de Visitantes, LIT (Laboratório de Integração e Testes) e o CRC (Centro de Rastreio e Controle).

A programação completa está disponível no site do INPE na Internet: www.inpe.br.

Satélite - O INPE está prestes a colocar mais um satélite em órbita, o CBERS-3. O lançamento é previsto para o fim do ano. Em Beijing, na China, são feitos os últimos testes. O satélite é o 4º desenvolvido em parceria com os chineses, o que garante aos 2 países o domínio mundial da tecnologia para observação da Terra.

ETAPAS DO CURSO

Inscrições

Cerca de 150 universitários de todo o país se inscreveram para participar do curso; só 50 foram selecionados

Objetivo

O curso de inverno envolve todas as fases de desenvolvimento de um satélite, desde o escopo até a sua operação em órbita

Programação

O cronograma de atividades é composto por 37 palestras e 4 visitas  aos laboratórios do INPE. A programação está disponível no site: www.inpe.br


Fonte: Site do Jornal “O VALE” - 20/07/2012

Comentários

  1. Foi muito proveitoso participar do Curso de Inverno 2012 no INPE. E gratificante também, pois desenvolvi um módulo em C++ para calcular o Campo Geomagnético Terrestre que será usado no Simulador de Satélites. Agradeço pela oportunidade. Obrigado mesmo.

    Att,

    QUENAZ C ELLER
    quenaz@gmail.com

    ResponderExcluir
  2. Olá Quenaz!

    Se você está nos agradecendo pela divulgação desse curso permitindo assim a sua participação no mesmo, não há o porque agradecer amigo, pois estamos aqui para isso.

    Abs

    Duda Falcão
    (Blog Brazilian Space)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Rússia Oferece ao Brasil Assistência no Desenvolvimento de Foguetes