INPE - Projeto para Prever Chuvas e Deslizamentos

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota publicada dia (15/12) no site do “VNews” destacando que o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) desenvolve projeto que ajuda a prever Chuvas e Deslizamentos.

Duda Falcão

Nossa Região

INPE Desenvolve Projeto que Ajuda a
Prever Chuvas e Deslizamentos

Projeto Chuva é coordenado pelo INPE e será um aliado
para Defesa Civil da região do Vale do Paraíba

15/12/2011
Atualizado em: 15h43min

Lançamento da sonda meteorológica,
que capta informações da atmosfera
Já pensou em saber com certeza absoluta que uma chuva está chegando? E ter os detalhes sobre onde ela vai cair e a que horas? A tecnologia que faz essa previsão já existe e está aqui na nossa região.

O projeto é coordenado pelo INPE, Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, e essa nova tecnologia vai além de prever as chuvas, ela pode ajudar a prever tragédias, como os deslizamentos, um aliado para a Defesa Civil.

Estudando as nuvens, os pesquisadores do INPE querem melhorar a previsão do tempo. Para isso estão desenvolvendo um projeto que já passou pelo Norte e Nordeste do país, e agora está em São José dos Campos.

A cada seis horas, sondas meteorológicas são lançadas em três cidades do Vale do Paraíba, e elas vão captar informações da atmosfera a 25 mil metros de altitude. "A partir do lançamento, o equipamento de superfície detecta esse lançamento e começa já a receber os dados a cada dois segundos. Ele estoura, e o equipamento identifica o aumento da pressão, e encerra a sondagem", explica o técnico em meteorologista Evandro de Paiva.


Um radar que alcança um raio de 100 quilômetros foi instalado em São José dos Campos. "O objetivo do Projeto Chuva é entender o processo que existe dentro das nuvens, como são as distribuições de gotas, quanto tem de gelo dentro da nuvem, os tipos de gelo, se tem granizo ou não", explica o coordenador do Projeto Chuva, Luiz Augusto Machado.

Defesa Civil tem sistema exclusivo
Com os dados da pesquisa, os meteorologistas criaram uma página na internet onde qualquer pessoa pode acompanhar as chuvas em tempo real. É tanta precisão que é possível saber exatamente em que bairro está chovendo e a previsão para a próxima meia hora.

A Defesa Civil ganhou uma página exclusiva, onde as equipes verificam o acumulado de chuvas em cada bairro, e sabem quais regiões estão em estado de alerta ou emergência. "A cada 150m² eu posso quantificar a chuva por um período, eu tenho imagens desse radar a cada seis minutos, então vou acumulando quanto chove em cada seis minutos, depois faço um acumulado de três dias, e passo o dado para a Defesa Civil", explica o meteorologista Jojhy Sakuragi.

Nesse período de chuvas, a Defesa Civil costuma agir depois de receber um chamado, geralmente quando já aconteceu alguma enchente ou deslizamento de terra. Com essa ferramenta a equipe vai poder antecipar algumas ações. "Dependendo do grau de risco do local, a gente já pode antecipar e fazer no local um trabalho preventivo, remoção das famílias caso seja necessário, ou apenas orientação, mas vamos acompanhar a estabilidade do local", afirma o Coordenador da Defesa Civil, José Benedito.

O projeto é experimental, estará na região só até março, mas o modelo pode ser adotado por municípios na prevenção de catástrofes naturais. "São os estudos que estão sendo feitos, e aplicados, e a ciência em ação ocorrendo e já tentando gerar um produto para a sociedade", finaliza José Augusto.

Jornal da TV Vanguarda 2ª Edição - 15/12/2011


Fonte: Site VNews - http://www.vnews.com.br/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Da Sala de Aula para o Espaço

O CLA e Sua Agenda de Lançamentos Até 2022