NSAU Realiza Conferencia de Imprensa em Kiev


Olá leitor!

Foi realizada em Kiev pela Agência Espacial Nacional da Ucrânia (NSAU) dia 14/04 uma conferencia de imprensa visando apresentar um balanço sobre as atividades espaciais do país e suas perspectivas para o ano de 2010.

Obviamente um dos temas abordado foi a programa Cyclone-4 que a Ucrânia desenvolve em parceria com o Brasil, visando à exploração comercial de um sítio de lançamento localizado no Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), no Maranhão, por meio de uma mal engenhada joint-venture binacional chamada Alcântara Cyclone Space (ACS).

Abaixo, segue a reprodução em português do trecho do texto que cabe a ACS divulgado pelo site da NSAU, com a tradução sendo feita livremente pelo blog.

Duda Falcão

Foi dada a join-venture Ucraniano-Brasileira Alcântara Cyclone Space a licença ambiental prévia para o inicio no local dos trabalhos da construção da plataforma de lançamento do Cyclone-4, tendo como objetivo colocar satélites multiusos em órbitas terrestres. Esta foi à tese observada pelo Sr. Yuriy Alekseyev, diretor-geral de NSAU, na entrevista coletiva em Kiev.

“Um grande passo nos últimos três dias foi dado em relação ao período recente quando finalmente recebemos a licença ambiental prévia para o inicio das obras da plataforma. Antes disso, toda sorte de estudos ambientais foi conduzida. Esta foi uma vitória comum para a Ucrânia e para o Brasil, nós superamos todas as dificuldades burocráticas e recebemos a licença para iniciar as obras", disse Yuriy Alekseyev

Nesse meio tempo, Yuri Alekseyev disse que no momento havia um atraso em relação à execução do projeto Cyclone 4. "Se nos referirmos ao equipamento, então nós estamos hoje um pouco atrasados no desenvolvimento de cada unidade separada, mas eu penso que depois de nossa reunião no Brasil, nós iremos anunciar uma data aproximada para o primeiro lançamento", afirmou Yuriy Alekseyev.

Em geral, de acordo com o chefe da NSAU, a implementação bem sucedida do projeto conjunto do Cyclone-4 com o Brasil irá permitir à Ucrânia alcançar um novo nível de desenvolvimento de sua industrial espacial, e fortalecer suas posições no mercado global.




Fonte: Site da Agência Espacial Nacional da Ucrânia (NSAU)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial