DCTA/IAE Busca Solução para Acelerar Programa do VLS-1


Olá leitor!

Segundo o que foi divulgado ao jornal “Valor Econômico” pelo brigadeiro "Cleonilson Nicácio da Silva" ontem na cerimônia militar de posse do novo diretor-geral do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), brigadeiro "Ailton dos Santos Pohlmann" (o cargo era ocupado pelo brigadeiro "Cleonilson Nicácio da Silva", que acaba de assumir a chefia do Estado-Maior da Aeronáutica (Emaer), em Brasília), o novo diretor do DCTA assume o cargo com o desafio de recompor o quadro técnico da instituição, que registra hoje déficit de mil pessoas, entre engenheiros, técnicos e pesquisadores.

"O governo está cuidando disso e o processo de contratação de pessoal já foi para análise no Ministério da Defesa e será encaminhado em breve para o Planejamento.", disse Nicácio.

O objetivo da FAB é elevar para 5 mil o número de funcionários civis dedicados às áreas de pesquisa e desenvolvimento do DCTA. Com a recomposição, a FAB esperar resolver um dos principais gargalos do programa de desenvolvimento do Veículo Lançador de Satélites (VLS) e acelerar o cronograma de lançamento do foguete.

"Tivemos problemas com a reconstrução da plataforma de lançamento em Alcântara (MA), mas a idéia é lançar o VLS antes de 2014", disse o comandante da Aeronáutica.

O projeto do veículo, de acordo com Nicácio, é considerado a prioridade número um entre os projetos do DCTA na área espacial.

Duda Falcão


Fonte: Jornal Valor Econômico - 16/04/2010

Comentário: Finalmente uma grande notícia no que diz respeito ao Programa do VLS-1, pois demonstra a preocupação do DCTA/IAE em acelerar o cronograma do foguete lançando o quarto protótipo de qualificação antes de 2014. Acho louvável a iniciativa do DCTA/IAE, torço para que a mesma seja concretizada (temos de finalizar e industrializar este foguete antes desse prazo para que os outros projetos de lançadores possam prosseguir), mas acredito que a mesma precisa ser acelerada, pois estamos em ano de eleição e só deus sabe o que poderá acontecer com o PEB no próximo governo. Afinal depois de quase oitos anos de governo LULA esse importante programa continua sendo um programa de governo e não de estado como deveria.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Rússia Oferece ao Brasil Assistência no Desenvolvimento de Foguetes