Começa a Temporada de Obs. Astronômicas do INPE


Olá leitor!

Segue abaixo uma noticia postada hoje (12/04) no site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) informando que o Miniobservatório Astronômico da Divisão de Astrofísica do INPE inicia em maio a temporada de observações presenciais e remotas de 2010.

Duda Falcão

Começa a Temporada de Observações Astronômicas do INPE

12-04-2010

O Miniobservatório Astronômico da Divisão de Astrofísica do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) inicia em maio a temporada de observações presenciais e remotas de 2010. O agendamento para as visitas presenciais pode ser feito pelo tel. (12) 3945-7200 (12) 3945-7200 , e para as observações remotas, pelo formulário eletrônico que pode ser acessado em www.das.inpe.br/miniobservatorio.

Para as sessões remotas, a programação prevê atividades no período de maio a setembro (exceto julho), sempre às quintas-feiras, das 19h30 às 21h30, sendo acompanhadas por um pesquisador ou pós-graduando do INPE, na área de Astrofísica.

As sessões remotas têm caráter de educação científica informal à distância e são dirigidas a estudantes brasileiros de todos os níveis. Numa sessão remota, os participantes podem visualizar o céu noturno a partir de suas próprias escolas, pela Internet, como se estivessem diante do telescópio localizado no observatório do Instituto, que fica em São José dos Campos (SP).

Um sistema computacional possibilita o direcionamento do telescópio e a aquisição de imagens digitais dos astros, entre outras tarefas. Não é necessário conhecimento avançado de Informática ou Astronomia para participar, uma vez que o equipamento é bastante didático e simples de ser manipulado. Ele dispõe, por exemplo, de um céu virtual para a escolha do astro a ser apontado pelo telescópio e imageado pela câmera CCD do observatório.

As observações astronômicas remotas promovidas pelo INPE integram o projeto multi-institucional Telescópios na Escola (TnE), coordenado pelo Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG) da Universidade de São Paulo (USP). As imagens celestes capturadas numa observação remota podem ser utilizadas a posteriori em sala de aula com o intuito de fixar conceitos em Matemática, Física e Astronomia de um modo participativo e bastante lúdico.

Estudantes e professores são incentivados a executar projetos observacionais simples, como fazer um passeio pelo céu, capturando, por exemplo, imagens de planetas e aglomerados de estrelas a fim de medir suas dimensões físicas.

As visitas presenciais serão realizadas de maio a outubro (exceto julho), sempre às quartas-feiras, das 19h às 21h, no Miniobservatório Astronômico do INPE. Os grupos escolares devem ter no máximo 20 pessoas. Dirigidas ao público estudantil, as atividades apresentam-se como atividades de difusão da ciência astronômica e pesquisas desenvolvidas na Divisão de Astrofísica do INPE. A visualização de astros diversos é acompanhada por um pesquisador ou pós-graduando do INPE, na área de Astrofísica, que ministra palestras sobre um tema particular em Astronomia. Caso o céu esteja encoberto, é realizada apenas a palestra.

Também estão programadas visitas diurnas, para visualização do Sol, nas quartas-feiras de outubro, das 14h às 15h. O telescópio do Miniobservatório Astronômico do INPE possui 28 cm de diâmetro, possibilitando boa visualização da Lua, planetas, estrelas duplas, aglomerados de estrelas e nebulosas.

Mais informações em: http://www.das.inpe.br/miniobservatorio/
Projeto Telescópios na Escola (TnE): http://www.telescopiosnaescola.pro.br/


Fonte: Site do Instituto Nacional de Pesquisas espaciais (INPE)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Da Sala de Aula para o Espaço

O CLA e Sua Agenda de Lançamentos Até 2022