ITA Realizará Debate Sobre a Política de Defesa Nacional


Olá leitor!

Segue abaixo mais uma chamada postada dia (23/04) no site do “Jornal da Ciência” da SBPC destacando que o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) realizará a "12ª edição do Simpósio de Aplicações Operacionais em Áreas de Defesa (XII SIGE)" entre os dias 28/09 e 01/10, estando às inscrições das propostas de trabalhos para o evento abertas até o dia 31/05.

Duda Falcão

Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA)
Debate Política de Defesa Nacional

Jornal da Ciência
23/04/2010


12ª edição do Simpósio de Aplicações Operacionais em Áreas de Defesa (XII SIGE), acontece entre os dias 28 de setembro e 1º de outubro

O evento, de âmbito internacional, tem por objetivo criar um ambiente adequado à troca de experiências entre representantes de setores da sociedade civil e militar que atuam nas áreas de Ciência, Tecnologia e Inovação, em particular naquelas de interesse da Defesa Nacional.

Além de palestras e apresentação de pôsteres, os participantes terão acesso à área expositiva onde estarão representadas empresas e instituições do setor de Defesa, incluindo o Laboratório de Guerra Eletrônica do ITA.

A comissão organizadora receberá propostas de trabalhos até o dia 31 de maio. Mais informações: www.sige.ita.br


Fonte: Site do Jornal da Ciência da SBPC de 23 de Abril de 2010

Comentário: Importante evento onde será discutida a Política Nacional de Defesa e onde setor espacial brasileiro terá uma importante parcela de contribuição na área de monitoramento por satélites. Segundo foi dito através da imprensa pelo Ministro da Defesa (MD), Nelson Jobim, estão previsto o desenvolvimento de três tipos de satélites militares, são eles: O Sentinela (satélite para o monitoramento de fronteiras. - Será um microsatélite de órbita baixa que nos bastidores se comenta que seu desenvolvimento será feito por duas empresas de São José dos Campos-SP), o Satélite Radar (satélite radar de abertura sintética - SAR. - Trata-se de um projeto de um minisatélite para controle da Amazônia legal, que será desenvolvido em parceria com outro país ainda a ser definido) e por último o Satélite Marítimo (trata-se de um projeto de um minisatélite para monitoramento marítimo que deverá ser desenvolvido em parceria com outro país também). Infelizmente ainda não existem maiores informações sobre estes projetos sendo provável que algo seja apresentado pelo MD durante a realização desse evento ou até mesmo antes dele. Vamos aguardar por maiores esclarecimentos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Da Sala de Aula para o Espaço

O CLA e Sua Agenda de Lançamentos Até 2022