PEB Foi Tema em Curso da Escola Superior de Guerra

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje (16/10) no site da Agência Espacial Brasileira (AEB) destacando que o Programa Espacial Brasileiro foi tema hoje de painel em “Curso Superior de Política e Estratégia”.

Duda Falcão

Programa Espacial Brasileiro é Tema de Painel
em Curso Superior de Política e Estratégia

ASCOM AEB
16-10-2012

O presidente da Agência Espacial Brasileira (AEB), José Raimundo Coelho, proferiu palestra sobre o Programa Espacial Brasileiro nesta terça-feira, 16 de outubro. O público foi de alunos do Curso Superior de Política e Estratégia, promovido pela Escola Superior de Guerra do Campus de Brasília, com o apoio do Ministério da Defesa.

José Raimundo destacou a importância de se apresentar o PEB a um público tão seleto. “É fundamental falar sobre o Programa Espacial Brasileiro a líderes. Disseminar o trabalho da Agência e explicar o que está sendo feito no Brasil”, ressalta o presidente.

O Curso Superior de Política e Estratégia (CSUPE) tem por objetivo proporcionar a civis de alto nível da administração pública e a militares das Forças Armadas ferramentas para a macro-análise dos cenários nacional e internacional, de modo a possibilitar-lhes à realização de avaliação de políticas e estratégias na área da Defesa e da Segurança Nacional.

São 52 alunos participantes, entre civis e militares, oriundos de diversos órgãos do Governo Federal, do Comando das Forças e de professores doutores do meio acadêmico de Brasília.

O curso tem duração de nove semanas e uma das principais finalidades é o fortalecimento da mentalidade de defesa do Brasil junto à público decisor, por meio da criação de um espaço adequado para a circulação de ideias e apresentação de temas de defesa.

Na tarde desta terça-feira, o Brigadeiro Carlos Antônio Kasemodel, Diretor do Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE) também proferiu palestra sobre o Programa Aeroespacial. O encerramento do painel se deu com debate sobre os temas abordados e agradecimento dos alunos pelos esclarecimentos prestados.


Fonte: Agência Espacial Brasileira (AEB)

Comentário: Concordo com a posição do presidente da AEB de que é importante apresentar o PEB a um público tão seleto com esse da Escola Superior de Guerra. Entretanto, acreditamos que mais importante ainda é trazer a opinião pública representada por todas as camadas da sociedade brasileira para apoiar o programa, pois só assim conseguiremos fazer com que esses energúmenos que militam nos bastidores da obscura Brasília se mexam em prol do Programa Espacial Brasileiro.

Comentários

  1. É isso ai Duda, aqui estamos, fazendo a nossa parte.

    Aproveitando o ensejo, gostaria de participar a todos a conclusão do meu mais recente artigo na Wikipedia.

    É sobre o projeto South Atlantic Anomaly Probe, que no final das contas teve influência importante no PEB.

    Vamos continuar trabalhando para divulgar os detalhes do nosso programa espacial!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial