III Encontro Nacional de Engenharia da Aeronáutica

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada dia (26/10) no site da Força Aérea Brasileira (FAB) dando destaque ao III Encontro Nacional de Engenharia da Aeronáutica, a ser realizado entre dias 29 e 31 de outubro, na Universidade da Força Aérea (UNIFA), no Rio de Janeiro (RJ).

Duda Falcão

ENGENHARIA DA AERONÁUTICA

Encontro Nacional Discute Papel e
Desafios do Profissional na FAB

Agência Força Aérea
26/10/2012 - 14h32

O papel do engenheiro nas diversas unidades do Comando da Aeronáutica (COMAER). Esse será um dos principais temas em debate no III Encontro Nacional de Engenharia da Aeronáutica, a ser realizado entre os dias 29 e 31 de outubro, na Universidade da Força Aérea (UNIFA), no Campo dos Afonsos, no Rio de Janeiro. O evento faz parte das comemorações do Dia da Engenharia da Aeronáutica, comemorado em 28 de outubro.

Durante três dias, engenheiros de unidades da Força Aérea de todo o país debaterão assuntos como a gestão de RH para a Engenharia da Aeronáutica, o Exercício da função de Engenheiro no COMAER, a Engenharia de Segurança do Trabalho na Aeronáutica e Aplicações Operacionais da Engenharia – A Engenharia de Campanha no COMAER. Estão previstos ainda uma exposição e um acampamento operacional.

A Engenharia da Aeronáutica está presente nos mais diversos setores da Força Aérea Brasileira, conforme explica o Major-Brigadeiro Engenheiro Francisco Carlos Melo Pantoja, diretor de Engenharia da Aeronáutica.

“A atuação desses profissionais se dá nos mais diversos setores, como no gerenciamento do espaço aéreo, no desenvolvimento de ciência e tecnologia aeroespacial e logística, pois para as nossas aeronaves voarem elas precisam de manutenção, de suprimentos. Também não podemos nos esquecer da engenharia de infraestrutura no desenvolvimento da integração da Amazônia. A Comissão de Aeroportos da Região Amazônica (COMARA), por exemplo, é uma unidade muito importante para o desenvolvimento de projetos de engenharia associada à construção de pistas”, ressalta o oficial-general.

Atualmente o número de engenheiros na FAB é de aproximadamente 3700 profissionais, sendo 450 do Quadro de Carreia, 250 do Quadro de Oficiais Temporários e cerca de 3 mil civis. Saiba mais sobre as formas de ingresso na carreira

O dia 28 de outubro foi escolhido por ser a data de nascimento do patrono da Engenharia da Aeronáutica, Marechal do Ar Casimiro Montenegro Filho, idealizador do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), em São José dos Campos, interior de São Paulo.

OBS: Convido ao leitor interessado nessa notícia a ouvir a entrevista da Rádio Força Aérea, com o Diretor de Engenharia da Aeronáutica (DIRENG), Major- Brigadeiro Engenheiro Francisco Carlos Melo Pantoja (Ex-diretor do Instituto de Aeronáutica e Espaço - IAE), onde o mesmo afirma que as equações de Newton não são mais suficientes para os engenheiros do futuro. Ao explicar a atuação dos engenheiros em várias áreas na Força Aérea Brasileira, o oficial general também fala sobre a carreira e os desafios dos profissionais para os próximos anosClique aqui.


Fonte: Site da Força Aérea Brasileira (FAB)

Comentários

  1. meio pré-histórica essa afirmação.
    será que algum dia as equações de Newton foram suficientes?

    ResponderExcluir
  2. Olá Anônimo!

    E existe alguma verdade absoluta? Bom amigo, dizer o que, né?

    Abs

    Duda Falcão
    (Blog Brazilian Space)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial