Contrato da Visiona Depende Ainda de Definição

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada dia (22/10) no site “TELETIME” informando que o contrato entre a Telebrás e a Visiona depende ainda de definição sobre absorção de tecnologia.

Duda Falcão

SATÉLITE

Contrato Entre Telebrás e Visiona Depende
de Definição Sobre Absorção de Tecnologia

Segunda-feira, 22 de outubro de 2012, 18h100

A definição do nível de exigência de absorção de tecnologia é o principal ponto ainda em discussão no governo que impede a concretização do contrato entre Telebrás e Visiona, joint-venture com a Embraer que será responsável pela contratação do fornecedor para o Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicação (SGDC).

Segundo apurou este noticiário, essas exigências farão parte de um dos anexos do contrato entre a Telebrás e a Visiona, assim como os requisitos de missão (documento que contém as características técnicas do satélite), que foi elaborado pela PUC/Rio. O contrato conterá ainda um cronograma do processo de compra.

O secretário de telecomunicações do Ministério das Comunicações, Maximiliano Martinhão, se reuniu na última quinta-feira, 18, com técnicos da Casa Civil para tratar dos detalhes do contrato entre as empresas, especialmente os requisitos de absorção tecnológica. Segundo uma fonte que participa das negociações, existe a chance de haver exigência de transferência de tecnologia, e não apenas absorção.

Apenas depois de assinado o contrato entre Telebrás e Visona é que esta última poderá soltar uma Request for Proposal (RFP) para a contratação do fornecedor do artefato (satélite).

Com o atraso nas definições, fica cada vez mais improvável que o satélite seja lançado até 31 de dezembro de 2014, como determinou o governo. Fontes ouvidas por este noticiário estimam em 15 dias o tempo para que as empresas assinem o contrato.


Fonte: Site TELETIME - http://www.teletime.com.br/

Comentário: Ué, o contrato não já havia sido assinado? (veja as notas “Embraer Cria Empresa para Fabricar Satélites em S. José”, “Embraer e Telebrás se Unem no Programa do Satélite SGB") Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, temos de rir para não chorar, realmente presidente DILMA a senhora e seus Blue Cats são piores do que a encomenda. Vão ser incompetentes assim no raio que o parta. Não duvido nada que ao final disso tudo a tal da Visiona nem acabe saindo do papel, quanto mais o satélite. É lamentável como fomos capazes de levar ao poder pessoas tão medíocres como esses energúmenos que militam no governo DILMA ROUSSEFF. Entretanto as eleições vêm ai e sinceramente espero que o povo brasileiro tenha memória, amadurecimento e responsabilidade, apesar de não acreditar que nas próximas eleições tenha qualquer outro nome alternativo, sendo assim em minha opinião a melhor opção é o VOTO NULO, a começar de domingo agora. Cadê o tal do ministro Paulo Bernardo que vivia dizendo maravilhas sobre esse acordo? Será que ele resolveu aceitar a minha sugestão e desaparecer antes que a bomba estourasse? Pois é leitor esse é o quadro de um governo desastroso que mesmo depois de terminar infelizmente ainda continuará causando estragos por anos a nossa sociedade e ao nosso país.

Comentários

  1. É como eu digo, "Eu não sabia de nada" e "Eu não fui informada" são as palavras de ordem. E com elas fica tudo certo.

    E coisa se alastra. Já temos escrito por aqui, a raiva que dá ver BILHÔES sendo gastos na construção de estádios que não vão agregar nada, nem ao próprio futebol, mas aqui no meu estado as coisas estão chegando as raias da loucura.

    Agora tomem como exemplo esses fatos e podem deduzir o que ocorre no "gerenciamento" do nosso programa espacial.

    Desculpem, sei que não tem a ver diretamente com o assunto, mas até tem...

    O governo do Rio, definiu ontem as próximas ações em relação ao complexo do Maracanã, só que "esqueceram" de envolver o Comitê Olímpico Local, e agora viram que entre vários outros inúmeros "probleminhas" o Maracanãzinho, não está com a capacidade adequada (no mínimo 12.000), então preparem os seus bolsos Brasileiros pagadores de impostos, pois vem aí mais uma "reformazinha", isso depois da reforma para o Pan.

    Fico imaginando... Se toda essa grana gasta só nesses estádios para a Copa (nem falo na Olimpíada), fosse usada no PEB, onde estaríamos?

    Tudo é uma questão de opção, desde a hora do voto.

    O que dizer mais?

    ResponderExcluir
  2. É, infelizmente é isso mesmo que elegemos e não duvido que continuaremos elegendo por mais algum tempo, pois a mentira é posta de uma forma profissional e enganadora e o eleitor brasileiro é imediatista e oportunista.
    Mas a esperança de que um dia o povo acorde, continua e a esperança de dias melhores para o nosso PEB está por vim.

    ResponderExcluir
  3. Olá Membro Delegado - Marcílio Farias!

    Isso se ele não for sucateado antes por esses energúmenos.

    Abs

    Duda Falcão
    (Blog Brazilian Space)

    ResponderExcluir
  4. Pior ainda duda , é decidir entre tucanos e petistas em uma futura eleição como foi a anterior !

    ResponderExcluir
  5. Olá João Paulo!

    É simples amigo, vote NULO.

    Abs

    Duda Falcão
    (Blog Brazilian Space)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial