Satélite Cbers-3 Entra em Órbita até Junho

Olá leitor!

Segue abaixo a nota postada hoje (15/02) no site da Força Aérea Brasileira (FAB) destacando que o Satélite CBERS-3 deve entrar em órbita até Junho.

Duda Falcão

Satélite Cbers-3 Entra em Órbita até Junho

Karine Melo
Brasil Econômico
15/02/2013

O Brasil prepara-se para colocar em órbita mais um satélite de uma base chinesa, o CBERS-3. O lançamento estava programado para o fim do ano passado, mas foi adiado para o primeiro semestre deste ano porque conversores comprados nos Estados Unidos apresentaram falhas nos testes finais. O CBERS-3 será o primeiro da família de satélites sino-brasileiros equipado com uma câmera para satélite 100% desenvolvida e produzida no Brasil. A câmera vai registrar imagens para o monitoramento de recursos terrestres. Já foram lançados os CBERS 1, 2 e 2-B. Brasil e China são parceiros na área espacial desde 1988, quando iniciaram a cooperação para o desenvolvimento do Programa CBERS. O objetivo é implantar um sistema completo de sensoriamento remoto de nível internacional, no qual satélites sejam responsáveis pelo monitoramento de desmatamentos, da expansão urbana e da agropecuária. Para fortalecer o Programa Espacial Brasileiro, em 2013, haverá mais ações voltadas para a formação de pessoas na área aeroespacial, entre elas, enviar estudantes brasileiros, por meio do Programa Ciência sem Fronteiras, para se especializarem em países já desenvolvidos na área espacial e, também, trazer especialistas desses países para o Brasil. “Dessa forma, um dos grandes gargalos de nosso programa espacial, a falta de mão de obra especializada, começará a ser sanado”, explica o presidente da Agência Espacial Brasileira (AEB), José Raimundo Coelho.


Fonte: Brasil Econômico via o NOTIMP do Site da Força Aérea Brasileira (FAB)

Comentário: Na realidade leitor não consegui encontrar essa notícia no site do Jornal Brasil Econômico online e assim sendo não posso atestar a sua veracidade. Entretanto, como foi postado no NOTIMP da FAB concluo que tenha procedência. Diante disso, vou ficar torcendo para que nada saia de errado com esse satélite, já que uma eventual falha do mesmo no espaço seria um desastre, fazendo um estrago enorme na já abalada imagem do nosso combalido Programa Espacial que certamente seria habilmente explorada pela mídia. Vamos torcer para que dê tudo certo, pois esses irresponsáveis parecem que não vão recuar.

Comentários

  1. Será que ja adquiriram conversores novos e de quem?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade eles compraram um lote de conversores, e alguns deram problemas. Segundo a empresa responsável por eles, os outros estavam ótimos, e esses serão os utilizados. É um risco, e alguns tecnicos aqui falaram que seria melhor fazer mais testes ou procurar construí-los nós mesmos, mas parece que querem despachar o lançamento. Faço das minhas palavras a do Duda, esperando que tudo de certo quando o produto estiver lá em cima sem possibilidade de arranjos.

      Relativamente a essa noticia Duda, eu já a li em várias reportagens. Ou seja, que o lançamento devia se efetuar em Junho. Então parece que a data dita pela reportagem está correta.

      Excluir
  2. Obrigado, se funcionar vou comprar uma caixa de cerveja e comemorar, pena que faltam alguns meses ainda.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Da Sala de Aula para o Espaço

O CLA e Sua Agenda de Lançamentos Até 2022