Inauguração da Estação do GLONASS na UnB

Olá leitor!

Recebi agora a pouco o release abaixo da jornalista Anny Cassimira da agência In Press Oficina, divulgando a inauguração da Estação do Sistema de Monitoramento e Correção Diferenciada integrando o Sistema de Navegação Global por Satélite (GLONASS) a se realizar no Campus da Universidade de Brasília (UnB) dia 19/02.

Duda Falcão

AVISO DE PAUTA

INAUGURAÇÃO DA ESTAÇÃO GLONASS – 19/02/2013

Agência Espacial Russa – Roscosmos – inaugura uma estação do Sistema de Monitoramento e Correção Diferenciada integrando o Sistema de Navegação Global por Satélite (GLONASS), na próxima terça-feira (19/2), às 11h. O evento, que contará com a presença de autoridades brasileiras e russas, será no prédio do Centro de Processamento de Dados (CPD) do Campus  Darcy Ribeiro da Universidade de Brasília (UnB).

Esta estação, a primeira montada fora da Rússia, é um importante componente para a redução do erro de posicionamento do GLONASS – Sistema de Navegação Global por Satélite –, que proporciona com eficiência um serviço mundial de navegação em tempo real e serviços de tempo de atualização do posicionamento para um ilimitado número de usuários na terra, no mar, no ar e no espaço, semelhante ao Sistema Posicionamento Global (GPS). A instalação da base na UnB beneficiará pesquisas na área aeroespacial, desenvolvidas nos laboratórios de Automação e Robótica (LARA) e de Engenharia Biomédica (LAB) da universidade.

Serviço

O quê: Inauguração da estação do sistema de monitoramento e correção diferenciada que integra o GLONASS.

Quando: Terça-feira (19/2), às 11h.

Quem: Agência Espacial Russa (Roscosmos), Agência Espacial Brasileira (AEB), Universidade de Brasília.

Onde: Prédio do CPD/UnB.

Informações à Imprensa

Alexandre Gonzaga
Consultor de Comunicação– In Press Oficina
Tel.: 61 9994-5977

Cláudia Rodrigues da Silva
Relações Públicas – In Press Oficina
Tel.: 61 8191-9926

Anny Cassimira
In Press Oficina

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial