SPARC4 Conceptual Design Review

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota publicada no informativo “LNA em Dia” de 21/11/2012, informando que dia 23/08 foi realizado no Laboratório Nacional de Astrofísica (LNA) o “Conceptual Design Review do SPARC4”.

Duda Falcão

SPARC4 Conceptual Design Review

Albert Bruch*
LNA em Dia
21/11/2012

Foi realizado no dia 23 de agosto nas dependências do LNA o Conceptual Design Review do SPARC4.

O SPARC4 (Simultaneous Polarimeter and Rapid Camara in Four Bands) e um instrumento projetado por um time liderado por Claudia Vilega Rodrigues (INPE), a ser utilizado no telescopio Perkin Elmer do OPD.

Como o nome sugere, o instrumento reúne características de uma câmara fotométrica multi-banda com capacidades polarimétricas, sendo que a polarimetria é opcional. Os quatro canais do SPARC4 permitirão observações simultâneas em bandas reproduzindo em boa aproximação os filtros g'r'i'z' do sistema SDSS com uma alta resolução temporal de até uma fração de um segundo.

A opção de introduzir elementos polarimétricos no feixe de luz que alimenta o instrumento permitira explorar um nicho com importância crescente para o OPD, visto as condições ambientais e meteorológicas prevalecentes no Pico dos Dias: a polarimetria gerou 20% de todas as publicações com dados do OPD nos últimos cinco anos.

Para um descrição mais detalhada do SPARC4, veja: http://www.das.inpe.br/~claudia.rodrigues/sparc4/

Os casos científicos para um instrumento dessa natureza abrangem muitas áreas de atuação de astrônomos brasileiros: incluem tópicos tão diversos como binárias em interação, estrelas pulsantes e outras estrelas variáveis, exoplanetas, invólucros estelares, regiões de formação estelar, núcleos ativos de galáxias, e objetos e fenômenos no sistema solar.

Desta forma, o SPARC4 combina capacidades das câmaras fotométricas atualmente em uso, do antigo e obsoleto FOTRAP (já de-comissionado) e do IAGPOL em um único instrumento muito mais eficiente e de tecnologia moderna, com um alto potencial cientifico e alta perspectiva de produtividade.

O Conceptual Design Review (CoDR) de um instrumento e o primeiro passo para sua realização. Visa verificar se a ideia principal faz sentido do ponto de vista cientifico, se o conceito técnico e viável e se seu detalhamento e a eventual construção tem perspectiva de resultar em um instrumento operacional que atinge as finalidades cientificas. Para isso, os idealizadores apresentam seu projeto a uma comissão de especialistas externas que emitirão um parecer.

No caso do SPARC4 a comissão externa foi composta pelos pesquisadores e tecnologistas do LNA Clemens Gneiding (Presidente), Albert Bruch (responsável pelos aspectos científicos), Orlando Verducci (automação e controle), Vanessa B. de Paula Macanhan (projeto mecânico) e pelo pesquisador do INPE Braulio Albuquerque (projeto óptico).

A equipe do SPARC4 foi encabeçada por Claudia Rodrigues (INPE). Alem dela, participaram do evento (alguns via internet) os membros do time Damien Jones (Prime Optics), Francisco Jablonski (INPE), Jose Neri (INPE), Keith Taylor (IAG), Ruben Dominguez (Univ. Arizona) e Tânia Dominici (LNA).

Em varias apresentações e intensas discussões entre os proponentes e os membros da comissão, todos os aspectos do projeto (que em muitos sentidos já foi levado a um patamar significativamente mais alto do que um mero projeto conceitual) foram detalhadamente discutidos.

A comissão emitiu a uma opinião positiva sobre o estado do projeto. Considerando que nenhuma falha grave foi identificada, concluiu que ha boas perspectivas para a bem sucedida construção do instrumento que atendera bem os objetivos científicos. A comissão julgou que o projeto esta pronto para proceder para a próxima fase, a saber o “Preliminary Design Review – PDR”.

O SPARC4 esta entre os instrumentos contemplados como elementos de modernização do parque instrumental do OPD no estudo “Elaboração de estratégias para o futuro do OPD”, publicado em 2011 (veja: http://www.lna.br/opd/Grupos_de_trabalho_do_OPD_final.pdf). Existe uma boa perspectiva de que com o SPARC4 esteja sendo criado um alto potencial para garantir a competitividade do OPD para o futuro; mais ainda se ele for complementado por capacidades espectroscópicas modernas, p.ex., através do instrumento ECHARPE (ECHelle de Alta Resolução para o Perkin Elmer; http:/www.lna.br/echarpe/), atualmente em fase de projeto no LNA.

* Albert Bruch e pesquisador do LNA

Desenho esquemático do SPARC4


Fonte: Informativo “LNA em Dia” do LNA - num. 27 - págs. 02 e 03 - 21/11/2012

Fonte: Já havíamos abordado essa câmara aqui no blog (veja a nota: “INPE Desenvolverá Câmera Astronômica Inovadora”) demonstrado mais uma vez como a astronomia está se desenvolvendo no Brasil rapidamente. Vale dizer que esse avanço deve-se em grande parte aos esforços dos profissionais do IAG/ USP, do INPE e do LNA, além de outras instituições espalhadas pelo país e a eles devemos os nossos sinceros votos de congratulações e de reconhecimento pelo trabalho ‘well done’.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Da Sala de Aula para o Espaço

O CLA e Sua Agenda de Lançamentos Até 2022