MCTI Envia Dois Diretores à Argentina Para Reunião do Satélite SABIA-Mar

Olá leitor!

Diário Oficial da União (DOU) de hoje (27/11) publicou dois Despachos do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), autorizando dois diretores da Agência Espacial Brasileira (AEB) a viajarem para Argentina a fim de participarem de reunião em Buenos Aires relativa ao projeto do Satélite SABIA-Mar (Satélite Conjunto de Observação Costeira e Oceânica). Abaixo segue os despachos como publicados no DOU.

Duda Falcão

Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação

GABINETE DO MINISTRO

DESPACHO DO MINISTRO
Em 25 de novembro de 2013

Afastamentos do país autorizados na forma do Decreto nº 1.387, de 07 de fevereiro de 1995:

CARLOS ALBERTO GURGEL VERAS, Diretor de Satélites, Aplicações e Desenvolvimento da AEB, participar da reunião do Projeto Missão e Sistema de Requerimento (PMSRR) da missão SABIA-Mar (Satélite conjunto de observação de costeira e oceânica), em Buenos Aires/Argentina, no período de 04.12 a 07.12.2013, com ônus para a FINEP. Art. 1º, inciso V.

PETRÔNIO NORONHA DE SOUZA, Diretor de Política Espacial e Investimentos Estratégico da AEB, participar da reunião de Revisão dos Requisitos de Missão e do Sistema da missão SABIA-Mar (Satélite conjunto de observação de costeira e oceânica), em Buenos Aires/Argentina, no período de 04.12 a 07.12.2013, com ônus para a FINEP. Art. 1º, inciso V.

MARCO ANTONIO RAUPP

Pois é leitor, apesar de não acreditar que esse projeto realmente venha sair do papel no cronograma divulgado (sabe-se lá quanto anos mais serão necessários na atual conjuntura para que esse satélite venha se tornar uma realidade), torço muito pelo seu sucesso, pois como já disse, o seu êxito será de fundamental importância para estimular ações que busquem a criação da Agência Espacial Latino-Americana (AELA), um passo fundamental para que a nossa região possa enfrentar os desafios espaciais da sociedade humana do futuro.

Leitores mais antenados poderão dizer que com os governos populistas que temos na região, mesmo que essa iniciativa saia do papel, terá pouca chance de êxito, o que em parte é verdade. Entretanto, devemos lembrar que quando a ESA (Agência Espacial Europeia) foi criada em 1993, dificuldades enormes geradas por desconfianças e políticas divergentes dos países membros tiveram e ainda tem que ser vencidas diariamente, mas com compromisso e objetivos claros a ESA hoje é uma grande realidade. "Exemplos existem para serem seguidos e bom exemplos então..."


Fonte: Diário Oficial da União (DOU) - Seção 2 - pág. 05 - 27/11/2013

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Rússia Oferece ao Brasil Assistência no Desenvolvimento de Foguetes