Encontro Científico em São José dos Campos (SP) Aproxima Jovens da Tecnologia Aeroespacial

Olá leitor!

Segue uma nota postada hoje (11/11) no seu site do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) destacando que encontro científico em São José dos Campos aproximará jovens da tecnologia aeroespacial.

Duda Falcão

Encontro Científico Aproxima
Jovens da Tecnologia Aeroespacial

Ascom da OBA
11/11/2013 - 16:52

Alunos e professores de todo o Brasil participam da nona edição da Jornada Espacial, até sexta (16), em São José dos Campos (SP). No evento, os participantes vão aprender ciência espacial com astrônomos, pesquisadores e engenheiros, além de conhecer o Polo de Tecnologia Aeroespacial da cidade. O primeiro astronauta brasileiro, Marcos Pontes, falará sobre sua trajetória profissional até a viagem à Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês).

A seleção dos estudantes para o encontro se deu a partir do desempenho deles nas questões de Astronáutica da prova da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). Neste ano, a OBA contou com 775.025 mil jovens de quase 9 mil escolas públicas e particulares de todas as regiões do país.

A jornada será uma grande aula de ciências espaciais, envolvendo teoria e atividades práticas. Os alunos vão assistir a palestras sobre astronomia, foguetes, satélites e suas aplicações.  Terão ainda oficinas didáticas, visitarão as instalações do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE/MCTI)  e da Empresa Brasileira de Aeronáutica (Embraer).

Os participantes vão também visitar as instalações da TV Vanguarda. Lá será explicado como acontece o processo de transmissão via satélite. Outros locais visitados serão o Laboratório de Integração e Testes (LIT) do INPE, o Observatório Astronômico do Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE) e o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA).

De acordo com engenheiro aeroespacial José Bezerra Pessoa Filho, do IAE, a iniciativa permite mostrar à sociedade brasileira o esforço que vem sendo feito no setor aeroespacial. “Muitos desconhecem o enorme conhecimento do país nesse segmento”, diz. “Os jovens ficam maravilhados com o que veem. Temos casos de formandos da primeira turma de engenharia espacial do ITA que fizeram sua opção profissional após participar da Jornada Espacial. E os professores que acompanham os estudantes também vivem uma experiência única, uma vez que fazem uso do conhecimento obtido para enriquecer o conteúdo de suas aulas e assim motivar, ainda mais, seus alunos a desbravarem novos caminhos”, acrescenta.



Fonte: Site do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI)

Comentários

  1. Tive a oportunidade de participar da VII Jornada Espacial. Foi realmente um marco na minha vida. Ver de perto um dos maiores polos aeroespaciais da América Latina foi algo fantástico. Conheci colegas que hoje estão nas melhores universidades do Brasil. É uma oportunidade muito boa de divulgação do PEB e de conclamar a juventude para a área espacial. Indico a todos os jovens do Ensino Médio a participarem da OBA para terem essa oportunidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Daniel!

      Também acho jovem amigo, não só a Jornada Espacial, como também e principalmente o SpaceCamp, realizado anualmente pela empresa Acrux Aerospace Technologies e também com o apoio da OBA. Parabéns pelo seu depoimento e iniciativa, esse é o espirito.

      Abs

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial