CLBI Realiza Reunião Relativa ao Rastreio do Ariane


Olá leitor!

Segue abaixo uma notícia publicada hoje 25/11 no site do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), destacando uma reunião realizada no Centro de Lançamento da Barreira do Inferno para tratar de assuntos relacionados com o rastreio do foguete europeu Ariane, fruto de um acordo firmado entre o Brasil e a Agência Espacial Européia.

Duda Falcão

Rastreio do Ariane é Tema de Reuniões no
Centro de Lançamento da Barreira do Inferno

25/11/2009

A rodada anual de reuniões da Comissão de Revisão Técnica e Operacional, criada com o objetivo de avaliar aspectos técnicos e operacionais do acordo firmado entre o Brasil e a Agência Espacial Européia para o rastreio do Ariane, concluiu-se no dia 20 de novembro no Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI), no Rio Grande do Norte.

O Centro Espacial Guianês (CSG) - órgão responsável pelo lançamento do Ariane - enviou a Natal representantes destinados a realizar auditoria em diversos pontos ligados à prestação do serviço de rastreio do veículo europeu. O Diretor do CLBI, coronel aviador Renato Gonçalves Martins, e o chefe adjunto da Divisão de Operações, engenheiro João Batista Dolvim Dantas, acompanharam a avaliação de quesitos como processos de importação e exportação de materiais, telecomunicações, energia, climatização, infraestrutura, logística, telemedidas, sincronização, qualidade, formação de pessoal, documentação, gestão de aparelhos de medidas, inventários e contratos.

No fim do encontro, celebraram-se os avanços obtidos na melhoria do serviço prestado pelo CLBI ao CSG, bem como se destacou a necessidade do aprimoramento contínuo dos processos relativos ao rastreio do Ariane.



Fonte: Site do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA)

Comentário: Não tenho qualquer informação sobre esse acordo entre o Brasil e a Agência Espacial Européia para o rastreio do foguete europeu Ariane. No entanto, acredito que esse serviço prestado a ESA deva contribuir muito para o treinamento das equipes brasileiras envolvidas com as missões desse acordo.

Comentários

  1. Será que o rastreio irá se extender para os futuros lançadores VEGA, e o russo Soyus que também será lançado de Kourou brevemente ou será apenas para os Arianes 5 ?

    ResponderExcluir
  2. Ricardo, devido ao sucesso alcançado pelo CLBI até hoje durante a realização dessas missões de rastreamento do Ariane 5, eu acredito que esse seja um passo natural e deverá ser discutido entre as partes em breve, isto é se já não foi discutido.

    Abs

    Duda Falcão

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial