sábado, 2 de maio de 2009

14X - CTA Desenvolve Novo Conceito de Espaçonave


Sem muito alarde o Comando-Geral de Tecnologia Aeroespacial - CTA através do IEAv - Instituto de Estudos Avançados vem desenvolvendo com o apoio financeiro contínuo da FAPESP - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo um novo conceito de espaçonave para o Programa Espacial Brasileiro. Trata-se de uma aeronave hipersônica conhecida como 14X com motor SCRAMJET (contração de Supersonic Combustion Ramjet), ambos totalmente com tecnologia 100% brasileira.

Modelo de 80 cm do 14X Hipersônico em ensaio de vento no T3. (Foto FAB)

A espaçonave hipersônica brasileira terá a tecnologia de propulsão com ar aspirado e desde o segundo semestre de 2007 está sendo testada pelo IEAv um modelo experimental reduzido no novo Túnel de Vento Hipersônico Pulsado (T3) do CTA. Será um Veículo Aéreo Não-Tripulado (VANT) que terá como objetivo colocar satélites em órbita.

Ensaio de vento do modelo do 14X no T3 - 02/06/2008. (Foto FAB)

Esse modelo que está sendo testado é uma aeronave com 80 cm de comprimento, construída em aço inoxidável, que é equipada com sensores de pressão, fluxo de calor e força visando uma série de testes necessários no T3.

A etapa seguinte do projeto será a construção do modelo de vôo. Será uma aeronave com 2 m de comprimento a ser lançada por um foguete brasileiro até atingir o ponto de combustão hipersônica. Durante o vôo, o ar é comprimido pela própria geometria e velocidade do veículo e é direcionado para uma câmara na parte inferior da espaçonave, onde também é injetado gás hidrogênio, que entra em combustão supersônica. Isso porque o motor precisa de um impulso inicial até que atinja o ponto de combustão.

O motor que esta sendo desenvolvido do 14X não será uma peça à parte, como é habitualmente hoje. Ele só funcionará integrado à aeronave. A espaçonave como um todo puxará o ar da atmosfera para a queima do combustível pelo motor. Com isso, o 14X será uma formidável plataforma de testes de conceitos inovadores.

Com tudo isso, o Brasil tem a oportunidade inédita de seguir na dianteira de uma linha de pesquisa avançada onde ainda não há o domínio de nenhum país do mundo. Outros países como os EUA, Japão, Austrália e Rússia estão na busca desse conhecimento.

Tendo sido batizado de 14X em homenagem ao avião 14 Bis de Santos Dumont, a espaçonave deveria voar até 2010, mas atrasos fizeram com que o CTA visualizar-se mudar o seu primeiro vôo para o ano de 2012. O projeto do 14X é de autoria do mestrando "1º Tenente Tiago Rolim", que se formou no ITA - Instituto Tecnológico da Aeronáutica em 2005.

Duda Falcão

Comentário: Esse projeto me parece de suma importância para o Programa Espacial Brasileiro. Com a ajuda financeira contínua da FAPESP e com a já competência técnica comprovada dos profissionais do CTA, acredito que em breve o Brasil terá a sua disposição uma tecnologia de ponta que ajudará muito o país e o seu cambaleante programa espacial.

4 comentários:

  1. Que maravilha testemunhar tais avanços tecnológicos em meu pais! Salve o Ieav! Salve o CTA! Salve o ITA! Salvem os engenheiros envolvidos nesta gloriosa conquista!

    Viva o Brasil.

    ResponderExcluir
  2. Verdade Antônio,

    Esse projeto é realmente de vanguarda e ainda deverá levar alguns anos para ter algum resultado prático. Mas para tanto, será necessário que o governo tenha mais seriedade. Antônio, já que parece que você tem interesse no Programa Espacial Brasileiro, lhe convido a torna-se seguidor de nosso blog, e assim passar a ser um freqüentador assíduo participando quando assim você desejar com os seus comentários.

    Forte abraço

    Duda Falcão
    (Blog Brazilian Space)

    ResponderExcluir
  3. Olhor com toda certeza o unirverso emensaumente grande grande seii fim como olhar o mundo seii paixão de descubri. uma descuperta que um sonho realizado iii como vcs todos estão ulidos juntospelo o mundo e pela sua fé em descupri uzi sua mente e utrapase a fonde do pemento dos mais .imteligentes brazilian space

    ResponderExcluir
  4. Ok paulinholocão!

    Abs

    Duda Falcão
    (Blog Brazilian Space)

    ResponderExcluir