Projeto Sobre Melhora na Performance das Missões Espaciais Fica em 1° Lugar no Hackathon da AEB

Olá leitor!

Pois é, segue abaixo uma nota postada hoje (19/05) no site da Agência Espacial Brasileira (AEB)” destacando que Projeto sobre melhora na Performance das Missões Espaciais fica em 1° lugar no Hackathon da AEB.

Duda Falcão

NOTÍCIAS

Projeto Sobre Melhora na Performance das Missões Espaciais Fica em 1° Lugar no Hackathon da AEB 

Coordenação de Comunicação Social 
Publicado em: 19/05/2020 - 10h55
Última modificação: 19/05/2020 - 10h58


Como aumentar a segurança dos astronautas e melhorar a performance de missões espaciais foi o projeto vencedor do 1° Hackathon sobre Covid-19 nas atividades espaciais, na categoria Plano de Negócios. O trabalho foi desenvolvido pela equipe Halley 19, formada por cinco estudantes e uma professora do Ensino Médio, do Colégio Lantagi, em Registro, litoral de São Paulo (SP).

O Hackathon Espacial é uma iniciativa da Agência Espacial Brasileira (AEB), autarquia vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

Para o estudante e integrante da equipe, Lucas Cunha Lignon, a maior dificuldade enfrentada pelo grupo foi reunir boas ideias em uma proposta viável e eficiente. Ele ressaltou que a participação no Hackathon proporciou à equipe aprendizado, maior rapidez na execução dos trabalhos em grupo, além do conhecimento adquirido referente aos riscos e dificuldades que os astronautas enfrentam em uma missão espacial.

Ao explicar a estrutura do projeto, o membro da equipe vencedora, Paulo Oyadomari destacou a divisão do Plano de Negócios em pesquisa, preocupação e redução da carga. “Essa segmentação ajudou a definir o projeto e participação integral do negócio em toda a missão espacial, preservando principalmente a saúde dos astronautas”, explicou. 

Diferencial da Equipe 

Questionado a respeito do destaque no trabalho da equipe na competição, o estudante, Luan Felipe Salas, acredita que o diferencial foi muito estudo e intensa pesquisa. “Para realizar o Plano de Negócios foi necessário ter um embasamento teórico sobre imunologia e formas de prevenção de doenças infecciosas que podem acontecer com os astronautas, como a Covid-19”, explicou.

Segundo a professora de Biologia e responsável pela equipe, Andreia Barbosa, o que fez a equipe alcançar o topo da categoria na competição foi a união e a determinação na execução das atividades. “A equipe foi merecedora, pois são todos dedicados e esforçados. Não foi à toa que toda a turma se inscreveu no Hackathon Espacial e conquistamos o primeiro lugar na categoria Plano de Negócios e o segundo lugar na categoria Valores Humanos”, ressaltou. 

Hackathon Espacial 

O Hackhathon Espacial, foi realizado nos dias 11 e 12 de maio. A competição contou com a participação de 27 equipes das regiões Norte, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste do País. As equipes tiveram 24 horas para buscar soluções a fim de mitigar os impactos causados pela Covid-19 nas atividades espaciais e observar a relação intrínseca dessa mitigação para a população na Terra, além de elucidar possíveis benefícios das tecnologias espaciais.

Na próxima reportagem vocês vão conhecer a experiência da equipe que venceu o Hackathon Espacial na categoria Desafio Maker. 

Sobre a AEB 

A Agência Espacial Brasileira é uma autarquia vinculada ao MCTIC, responsável por formular, coordenar e executar a Política Espacial Brasileira. Desde a sua criação, em 10 de fevereiro de 1994, a Agência trabalha para viabilizar os esforços do Estado Brasileiro na promoção do bem-estar da sociedade, por meio do emprego soberano do setor espacial.


Fonte: Site da Agência Espacial brasileira (AEB) - http://www.aeb.gov.br 

Comentário: Pois é, parabéns a professora e alunos do Colégio Lantagi por esta conquista, muito bom.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Operação CRUZEIRO: Primeiro Ensaio em Voo de um Motor Aeronáutico Hipersônico Brasileiro

Janeiro de 2015 Registra Recorde de Focos de Queimadas Detectados Por Satélite