CBERS-3, Uma História Reescrita Que Começou Muito Mal

Olá leitor!

O INPE acaba de retirar de seu site a nota em que dava como bem sucedido o lançamento do CBERS-3 (veja aqui). Assim sendo, tudo leva a crer que o jornal Folha de São Paulo estava correto quando deu a notícia em primeira mão (veja aqui), notícia esta que já havia sido passada ao blog via um comentário de um leitor anônimo, mas que eu não levei a sério devido a uma experiência anterior.

Pois é leitor, só falta mesmo a nota oficial que muito provavelmente está sendo elaborada com o cuidado redobrado para afetar o mínimo possível esse governo desastroso dessa presidenta petista em ano pré-eleitoral.

Sempre ficará a dúvida se a culpa foi mesmo do foguete chinês ou do satélite, já que por diversas vezes o sindicato da categoria (SindCT) havia avisado que o processo de conserto do satélite não estava sendo conduzido da forma correta, dando entender que havia pressão política para que o satélite fosse lançado ainda em 2013.

Mas enfim, o fato é que essa notícia é devastadora para o Programa Espacial do país, não só tecnologicamente e cientificamente falando, mas também e principalmente para a imagem do programa, extramente desgastada e ridicularizada nas rodas sociais da vida formada por imediatistas que não tem a mínima ideia das sérias e herculanas dificuldades (e aí incluída a estúpida ingerência política) que esses profissionais têm de enfrentar no seu dia-a-dia para realizar seu trabalho.

É lamentável caro leitor o que esses energúmenos estão fazendo com o nosso programa espacial, e mesmo que a culpa tenha sido do foguete chinês, desde o início toda essa história reescrita começou muito mal, e sendo assim, não poderia terminar de outra forma. Triste, o blog está de luto.

Duda Falcão

Comentários

  1. "Mal", não "mau"... Pelamor...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Anônimo!

      Dou a mão a palmatória, reconheço meu erro e já retifiquei. Obrigado pela aula de português.

      Abs

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir
  2. legal... o recente acidente nas obras do estádio do corinthians pode ter como culpa a "pressa política" em montar a estrutura por conta da propaganda que estavam a fazer de São Paulo numa feira de negócios que viria em 2020, queriam mostrar "capacidade técnica" e acabaram levando um acidente com 2 mortos..... agora, também por "pressa política", um satélite é perdido..... vamos ver até onde o Brasil vai conseguir chegar com a "pressa política"......

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial