Foguete Artesanal Move Sonhos de Alunos no Cariri


Olá leitor!

Segue abaixo uma matéria postada dia (07/05) no site “O Povo Online” do “Jornal O Povo” do Ceará destacando que alunos da Escola Estadual de Educação Profissional Otília Correia Saraiva, no Cariri (CE), estão desenvolvendo protótipos de foguetes feitos de material reciclável.

Duda Falcão

Foguetes

Foguete Artesanal Move Sonhos de Alunos no Cariri

Domitila Andrade
Especial para O POVO
domitila@opovo.com.br
07 Mai 2010 - 03h08min


Foguete ganhou vida através de materiais
recicláveis.Trabalho envolveu as três turmas
do Liceu de Barbalha - (Foto: Divulgação)

No sonho infantil, os meninos são astronautas, sobem em grandes foguetes e fazem viagens interestelares. Resgatando o sonho da infância e completando o ensino prático em laboratórios de Biologia, Física e Química, alunos da Escola Estadual de Educação Profissional Otília Correia Saraiva, o Liceu de Barbalha, no Cariri, desenvolvem protótipos de foguetes feitos de material reciclável.

A iniciativa começou no início do ano letivo de 2010 e reúne 25 alunos das três séries do Ensino Médio, organizados em cinco equipes. Os projetos serão inscritos, no dia 14 de maio, na IV Olimpíada Brasileira de Foguetes (OBFOG), que faz parte das atividades práticas da XIII Olimpíada Brasileira de Astronomia (OBA).

Andrevaldo Tavares, professor orientador do Laboratório de Química, soube da realização da OBFOG e decidiu lançar o desafio para os alunos. "Em 2009 participamos da OBA. Eu soube da OBFOG, peguei o projeto e apresentei a eles, nós montamos as equipes e começamos a pensar", disse.

Cada equipe faz um foguete diferente, utilizando os mesmos materiais. A inovação está no uso de materiais recicláveis e simples como madeira, papelão e cano PVC, para a estrutura; e água gaseificada, vinagre, bicarbonato de sódio e suco de limão, para o combustível.

"O foguete não necessita de explosivo tóxico ou material que produza faísca. O dispositivo é lançado devido à reação do ácido com o sal, que produz o gás que gera pressão. É um projeto inovador, que usa exclusivamente materiais recicláveis e com um alcance ainda não registrado. O nosso foguete alcançou no lançamento 73 metros na horizontal e 30 metros de altura", explica o professor.

Os projetos são avaliados em uma etapa local conforme a criatividade, o alcance de lançamento, a segurança, a plataforma e o respeito ao meio ambiente. Os melhores serão inscritos na OBFOG. Após testes feitos pela comissão organizadora da OBA, os alunos realizadores dos 20 melhores trabalhos do Brasil são chamados a apresentarem-se na II Jornada de Foguetes Didáticos, que acontecerá no Rio de Janeiro.

"Nós fizemos o foguete já pensando na Olimpíada e estamos com uma expectativa muito boa de que ele seja escolhido.", declarou Samuel Teixeira (17), aluno do 3° ano, integrante de uma das equipes.

E-Mais:

FORÇA DO TRABALHO EM CONJUNTO

> O Liceu de Barbalha foi inaugurado em agosto de 2009, pela Secretaria da Educação do Governo do Estado.

> A escola possui os cursos profissionais de enfermagem, informática e segurança do trabalho, todos integrados à grade curricular tradicional do Ensino Médio.

> Os projetos dos foguetes promoveram o trabalho em conjunto dos três cursos do Liceu. Os alunos de Informática produziram os testes de lançamento, que foram realizados no pátio frontal da escola.

> Já as equipes de Segurança do Trabalho e Enfermagem ficaram de prontidão, na retaguarda, para o caso de algum incidente nos lançamentos dos foguetes.

> Em 2009, a III OBFOG envolveu 657 escolas de todo o Brasil com a participação de aproximadamente 5.500 alunos brasileiros.


Fonte: Site O Povo Online - 07/05/2010

Comentário: Maravilhosa notícia e o professor cearense Andrevaldo Tavares e a Escola Estadual de Educação Profissional Otília Correia Saraiva estão de parabéns pela iniciativa. Que sirva de exemplo para outros professores e outras escolas do país, pois é dessa forma buscando uma melhor educação para nossas crianças e jovens que iremos construir uma sociedade mais justa e mais desenvolvida. Espero que o professor Andrevaldo Tavares, seus alunos e a Escola Otília Correia Saraiva não parem por ai e participem também da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia e quem sabe até mesmo da Jornada Espacial. O blog BRAZILIAN SPACE estará torcendo por vocês. Sucesso.

Comentários

  1. (alisson sousa)gostei muito desse comentario,sou aluno dessa escola,participei dos lançamentos dos foguetes.muito legal

    ResponderExcluir
  2. Olá Alisson!

    Que bom que gostou garoto e obrigado pelo contato. Por gentileza, transmita ao seu professor e aos seus colegas minhas sinceras felicitações e meus votos de sucesso para o projeto de vocês ai no Cariri.

    Forte abraço em todos

    Duda Falcão
    (Blog Brazilian Space)

    ResponderExcluir
  3. Olá. vi seu recado, ai na postagem. e quero te informar que nossa aquipe.APOLO, ganhou em nível de estado a OBFG. Olimpíada Brasilera de Foguetes, agora iremos para Minas Gerais, comcorrer a uma internacional. Seria agora bom marca uma entrevista coma nossa equipe,Pois é até um orgulho Para nosso Estado. De Alisson sousa, estudante da Escola Profissional Otília Correia Saraiva, Barbalha-ce.

    ResponderExcluir
  4. Ok Alisson!

    Entre em contato comigo pelo e-mail que está na coluna ao lado no tópico "Fale com o Blog" para que possamos acertar essa entrevista, tá ok?

    Abs

    Duda Falcão
    (Blog Brazilian Space)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Da Sala de Aula para o Espaço

O CLA e Sua Agenda de Lançamentos Até 2022