Raupp Deixa o Ministério da Ciência e Tecnologia no Rastro da Reforma Feita por Dilma

Olá leitor!

Segue abaixo uma pequena matéria postada ontem (11/03) no site do jornal “O VALE” dando destaque à queda do Ministro Marco Antônio Raupp.

Duda Falcão

HOME

Raupp Deixa o Ministério da Ciência e Tecnologia no Rastro da Reforma Feita por Dilma

Presidente anunciou ontem a substituição de seis ministros;
no lugar de Raupp entra Clélio Campolina Diniz, atual reitor da UFMG

São José dos Campos
March 13, 2014 - 21:37

Foto: Marcelo Caltabiano/Arquivo
Marco Antonio Raupp deixou ministério na tarde de ontem.

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp, deixou ontem o Ministério, cargo que ocupava desde janeiro de 2012.

A presidente Dilma Rousseff (PT) anunciou ontem a substituição de seis ministros.

Clelio Campolina Diniz, reitor da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) será o novo titular da Ciência e Tecnologia no lugar de Raupp.

Esta é a segunda etapa da reforma ministerial, iniciada por Dilma há pouco mais de um mês. Os membros do primeiro escalão começaram a deixar seus cargos para se candidatar às eleições de outubro deste ano.

No final de 2012 também circulou a informação de que Raupp seria substituído, mas ele se manteve no cargo.

Circulação - A informação sobre a saída de Raupp circulou ontem o dia todo nas redes sociais, mas somente foi confirmada no final do dia.

Raupp era considerado da cota pessoal de Dilma e somente seria trocado pela necessidade de “queimar” seu nome para apaziguar o PMDB.

O presidente do PMDB, senador Valdir Raupp (RO), disse ontem de manhã que todas as indicações do partido para a reforma ministerial que a presidenta Dilma Rousseff está fazendo seriam definidas também ontem.

Boatos - Vice-presidente Sind-CT (Sindicato dos Servidores Públicos Federais na Área de Ciência e Tecnologia do Vale do Paraíba. São José dos Campos), Fernando Morais, disse que esteve em Brasília anteontem e que no Ministério da Ciência e Tecnologia circulavam rumores sobre a substituição de Raupp.

“Pelas informações que circulavam, assessores do ministro tentavam mantê-lo no cargo”, afirmou a O VALE.

Para Morais, a queda de Raupp dependeria de uma decisão pessoal de Dilma. “Ele é da cota pessoal da presidente”, pontuou.

Em São José dos Campos, políticos ligados ao PMDB não acreditavam na substituição do ministro. 

Para o vereador Carlos Tiaca (PMDB), tudo não passava de boato. “Não é a primeira vez que o Raupp cai do Ministério. Quanto mais batem nele, mais ele cresce”, disse Tiaca.

O parlamentar lembrou que Raupp é quadro do PMDB nacional e tem prestígio com a presidente Dilma. Esse prestígio não o segurou no cargo.

Técnico - O deputado federal Emanuel Fernandes (PSDB), de São José dos Campos, afirmou que Raupp é um “quadro técnico”. “Como técnico, sempre mostrou competência nos cargos que ocupou”, disse o parlamentar tucano.

Carreira - Raupp gerenciou o Parque Tecnológico de São José dos Campos até 2011, quando assumiu a presidência da AEB (Agência Espacial Brasileira), a convite de Aloizio Mercadante, então ministro da Ciência e Tecnologia.

Em janeiro de 2012, ele assumiu o Ministério da Ciência e Tecnologia no lugar de Mercadante, que foi para o Ministério da Educação.

O ex-ministro também foi diretor do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), sediado em São José, na década de 1980. Ele presidiu ainda a SBPC (Sociedade Brasileira Para o Progresso da Ciência).

Ex-ministro Criou OS Para o Núcleo

O ex-ministro Marco Antonio Raupp criou a OS (Organização Social) que gerencia o Parque Tecnológico de São José dos Campos. Ele foi o primeiro diretor do complexo tecnológico sob a gestão da OS. Há cerca de 20 dias, a prefeitura conseguiu finalizar o processo de regularização fundiária do parque, que tem cerca de 911,7 mil m2.

Raupp Incentivou Indústria Nacional

Na gestão de Marco Antonio Raupp no Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, foram lançados programas de incentivo e apoio à indústria. Entre eles, o InovaAerodefesa, para o parque industrial do setor de defesa e aeroespacial. Projetos de mais de dez empresas da região foram selecionados para receber verbas e empréstimos.


Fonte: Site do jornal “O VALE” - 13/03/2014

Comentários

  1. Nenhuma novidade. Num "governo" onde os ministérios só servem de moeda de troca, é isso mesmo que acontece...

    ResponderExcluir
  2. Raupp se vai sem grande preocupacao aparente dos servidores diretos e indiretos que abrange a are da Ciencia, tecnologia e Informacao. E sem grande admiracao vira outro que nao mudara muito o que esta ai.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial