Operação Falcão I - 2014

Descrição da Campanha

Data do início da campanha: 10/03/2014
Operação:  Operação Falcão I - 2014
Foguete:  Foguete de Treinamento Básico (FTB)
Numero do vôo do foguete: 27
Data de lançamento: 12/03/2014
Horário:  13 horas (horário de Brasília)
Local:  Centro de Lançamento de Alcântra (CLA)
Apogeu do vôo: 32,04 km
Tempo de Apogeu:  77s
Tempo total de vôo: 2m46s
Distância percorrida do local de lançamento até área de impacto: 15,76 km
Objetivo: Manter a operacionalidade das equipes do Centro e testar todos os meios (antenas, radares, servidores, sistemas, softwares) que operam nos voos dos veículos lançados de Alcântara e, além disso, coletar dados para a certificação e qualificação do veículo junto ao Instituto de Fomento e Coordenação Industrial (IFI)
Resultado: O lançamento foi um sucesso.

Experimentos Embarcados:

- Não houve

Instituições Envolvidas:

AEB - Agência Espacial Brasileira
DCTA - Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial
INPE - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais
CLA - Centro de Lançamento de Alcântara - Alcântara-MA         
CLBI - Centro de Lançamento da Barreira do Inferno - Natal-RN
IFI - Instituto de Fomento e Coordenação Industrial
AVIBRÁS - Avibrás Indústria Aeroespacial S/A
DECEA - Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA)
I COMAR - Primeiro Comando Aéreo Regional
MB - Marinha do Brasil

Lançamento do Foguete FTB
Operação Falcão I - 2014 – 12/03/2014

Foi realizado com sucesso dia 12/03 do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), o lançamento do vigésimo sétimo Foguete de Treinamento Básico (FTB). As atividades foram realizadas durante a “Operação Falcão I/ 2014”, e tiveram inicio no dia 10/03. Esse foi o primeiro lançamento do ano realizado de uma das bases de lançamento da Força Aérea Brasileira (FAB).

O objetivo da operação foi de manter a operacionalidade das equipes do Centro e testar todos os meios (antenas, radares, servidores, sistemas, softwares) que operam nos voos dos veículos lançados a partir dessa base brasileira. Além disso, o lançamento visou coletar dados para a certificação e qualificação do veículo junto ao "Instituto de Fomento e Coordenação Industrial (IFI)", órgão este responsável pela observação e normatização de parâmetros técnicos dos veículos espaciais lançados no país, e que é um órgão subordinado ao Comando da Aeronáutica (COMAER).

Durante o voo, que se iniciou às 13 horas (horário de Brasília), o veículo seguiu a trajetória prevista do disparo até sua queda no Oceano Atlântico. O tempo de voo total foi de 2 minutos e 46 segundos, tendo o veículo percorrido 15,76 quilômetros em linha reta até o impacto na área prevista. O FTB alcançou 32,04 quilômetros de altitude máxima (apogeu) em 77 segundos de voo.

A Operação Falcão I/ 2014 foi realizada pelo Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) e pela Agência Espacial Brasileira (AEB) por meio do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA). A atividade contou com o apoio da Marinha do Brasil, do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) e do Primeiro Comando Aéreo Regional (I COMAR).

Fotos da Operação:

Fotos: Biaman Prado do Jornal "O Estado do Maranhão" e do CLA


Fonte: Diversas

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial