Nano Satélite Nacional Termina Testes e Segue Para a Holanda

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada ontem (28/03) no site da “Agência Espacial Brasileira (AEB)”, destacando que o nanosatélite nacional “NanosatC-Br1” seu testes no Laboratório de Integração e Testes (LIT) do INPE e agora (com já havíamos anunciado anteriormente) segue para Holanda.

Duda Falcão

Nano Satélite Nacional Termina
Testes e Segue Para a Holanda

Coordenação de Comunicação Social (CCS-AEB)

Foto: INPE
O Br1 na câmara de vácuo na última bateria de testes no LIT.

Brasília, 28 de março de 2014 – O primeiro cubesat nacional, o NanossatC-Br1, foi acondicionado nesta sexta-feira (28) em invólucro especial para ser enviado a Holanda, onde passa por mais alguns testes antes de ser lançado ao espaço em junho próximo.

Nesta quinta-feira (27), o modelo de voo do pequeno satélite passou pela última bateria de testes iniciada no último dia 14 no Laboratório de Integração e Testes (LIT) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), em São José dos Campos (SP). De acordo com o engenheiro Otávio Durão, coordenador do projeto no INPE, “todos os resultados foram positivos” e o Br1 está aprovado.

Desenvolvido com recursos da Agência Espacial Brasileira (AEB), o NanossatC-Br1é um dos quatro artefatos nacionais programados para ir ao espaço este ano. No segundo semestre está previsto o lançamento dos satélites AESP-14, desenvolvido pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) com apoio do INPE; do SERPENS, cuja produção envolve diversas universidades coordenadas pela AEB, e do CanSat produzido pelos alunos da Escola Municipal Presidente Tancredo de Almeida Neves, de Ubatuba (SP), com a orientação do INPE.

Compõem as três cargas do Br1 um magnômetro para utilização dos seus dados pela comunidade científica; um circuito integrado projetado pela Santa Maria Design House da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), no Rio Grande do Sul (RS), e o hardware FPGA, que deve suportar as radiações no espaço em função de um software desenvolvido pelo Instituto de Informática da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).


Fonte: Site da Agência Espacial Brasileira (AEB)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Rússia Oferece ao Brasil Assistência no Desenvolvimento de Foguetes