AEB Publica no DOU Mais Um Novo Extrato de Inexigibilidade de Licitação Relativo ao Projeto do Satélite CBERS-4

Olá leitor!

Diário Oficial da União (DOU) de hoje (08/04) publicou mais um “Extrato de Inexigibilidade de Licitação” da “Agência Espacial Brasileira (AEB)”, este tendo como objetivo a contratação da empresa israelense AEL SISTEMAS S.A. para serviços de fabricação e testes dos conversores DCDC externos para os equipamentos DSS e DI dos subsistemas MWT do Satélite CBERS-4. Abaixo segue o extrato como publicado no DOU.

Duda Falcão

AGÊNCIA ESPACIAL BRASILEIRA

EXTRATO DE INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO
Nº 12/2014 - UASG 203001

Nº Processo: 0135000037201409;
Objeto: Contratação de empresa para serviços de fabricação e testes dos conversores DCDC externos para os equipamentos DSS e DI dos subsistemas MWT do Satélite CBERS-4;
Total de Itens Licitados: 00001;
Fundamento Legal: Art. 25º, Caput da Lei nº 8.666 de 21/06/1993;
Justificativa: Por inviabilidade de competição;
Declaração de Inexigibilidade: em 07/04/2014 - FRANCISCO CLEODATO PORTO COELHO, Diretor de Planejamento, Orçamento e Administração - substituto;
Ratificação: em 07/04/2014 - JOSE RAIMUNDO BRAGA COELHO, Presidente da Agência Espacial Brasileira;
Valor Global: R$ 848.662,00;
CNPJ Contratada: 88.031.539/0001-59 - AEL SISTEMAS S.A.

(SIDEC - 07/04/2014) 203001-20402-2014NE800001


Fonte: Diário Oficial da União (DOU) - Seção 3 - pág. 11 - 08/04/2014

Comentário: Pois é leitor, nas últimas semanas este foi o quarto “Extrato de Inexigibilidade de Licitação” publicado pela AEB relacionado com o projeto do Satélite CBERS-4 (veja aqui ou outros – nota 1, nota 2), e em cada um deles tendo como contratadas as empresas mais atuantes em projetos de satélites no Brasil, ou seja, a AEL Sistemas, a Orbital Engenharia , a Mectron Engenharia e a Equatorial Sistemas. Interessante notar que todas as quatro empresas nasceram em território Tupiniquim, mas por uma razão ou outra, justificável ou não, apenas duas delas continuam genuinamente brasileiras (Orbital Engenharia e Mectron), apesar das outras duas continuarem sendo tratadas e beneficiadas pelo governo como brasileiras quando na realidade não são. Mas enfim...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial