Áreas Atingidas Pela Cheia Diminuem na Amazônia

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje (11/04) no site do “Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)” destacando  que áreas atingidas pela cheia diminuem na Amazônia.

Duda Falcão

Áreas Atingidas Pela Cheia
Diminuem na Amazônia

Sexta-feira, 11 de Abril de 2014

Já é possível observar nas imagens de satélites a diminuição das áreas inundadas na Bacia do Mamoré, na Bolívia, afluente do Rio Madeira, no Brasil. Boa notícia para a população amazônica afetada pela cheia histórica do Madeira.

O nível das águas também baixou nos rios Madre de Dios, Beni e Guaporé, conforme mostram os dados analisados pela Divisão de Sensoriamento Remoto do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

Pela primeira vez em 2014, foi possível obter imagens dos satélites Landsat-7 e Landsat-8 sem cobertura de nuvens de toda a região..

As imagens de satélite permitem identificar com mais clareza a extensão do desastre e dimensionar a população atingida. Por isso, podem ser utilizadas como ferramenta pela Defesa Civil para planejamento de suas ações.

Abaixo, mosaico formado por nove imagens registradas nos dias 6,7 e 8 de abril. Os dados são dos satélites Landsat 7 e 8, do Serviço Geológico Americano (USGS), com composição colorida de 3 bandas espectrais reproduzindo a cor natural.

O mosaico revela a Bacia do Rio Beni já esvaziada e a Bacia do Rio Mamoré com menor área inundada. O recuo da enchente pode ser comprovado na comparação do mosaico abaixo com as imagens divulgadas pelo INPE em março (confira aqui).



Fonte: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial